Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Osvaldo volta a ser reserva e pode ser trocado pelo meia Wagner

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Relegado à reserva do São Paulo em 2013, Osvaldo começou a temporada em alta de novo, mas voltará para o banco de reservas neste sábado, diante da Portuguesa. Muricy Ramalho diz que o atacante deixará o time em decorrência do esquema tático, contudo já admite que ele poderá ser envolvido em troca com o Fluminense.

Sem um reserva de meio-campo para Paulo Henrique Ganso desde que Jadson foi para o Corinthians - a melhor opção para o setor passou a ser Gabriel Boschilia, de 17 anos, formado nas divisões de base do clube -, o treinador pediu a contratação do meia Wagner. Do outro lado, os cariocas procuram um homem de velocidade e consideram a proposta uma boa oportunidade.

"Como não tem nada certo ainda, é bobagem estar falando", disse Muricy, contrariando-se segundos depois ao elogiar o possível reforço. "O Wagner é um jogador interessante, um meia de que a gente precisa, porque o Jadson saiu. É um lugar que tem que ser ocupado. Mas não para comentar, é só isso mesmo, só falar bem do jogador".

Depois de ter abdicado de parte das férias para se apresentar em boa forma física, Osvaldo tomou a titularidade logo no segundo jogo da temporada. E não mais saiu. É a primeira vez, passadas seis rodadas no Campeonato Paulista, que ele retorna ao banco de reservas. Segundo Muricy, porém, essa decisão independe da eventual transferência para o Fluminense.

"Já estava decidido, depois do jogo com a Ponte (Preta, no domingo passado), que a gente iria trabalhar com mais gente no meio-campo, porque não adianta ter três atacantes. Não tem nada a ver com Wagner ou qualquer outra coisa, senão a gente afastaria o Osvaldo. Isso ficou decidido depois do jogo", explicou.

Na terça-feira, o treinador armou a escalação com três atacantes (Ademilson, Pabon e Luis Fabiano). Mas, segundo ele, o colombiano, que tem bom arremate de longa distância, fará função de armador ao lado de Paulo Henrique Ganso.

Caso a transferência de Osvaldo se concretize, será a terceira troca realizada pela diretoria para renovar o elenco. O clube já cedeu parte dos direitos econômicos de Rhodolfo ao Grêmio para ter Souza e também repassou Jadson ao Corinthians para ficar com Alexandre Pato por dois anos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade