Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Oswaldo desiste de substituição para dar ritmo a Leandro Damião

Santos (SP)

O técnico Oswaldo de Oliveira tinha a intenção de não deixar Leandro Damião em campo durante a partida toda contra o Comercial, na noite desta terça-feira, pelo Campeonato Paulista. Porém, ciente da necessidade do atleta de ganhar ritmo de jogo, o treinador mudou os planos e manteve o atacante durante os 90 minutos.

“No jogo passado, ele saiu porque pediu, pois estava sentindo câimbra. Hoje (terça), em condições normais, eu teria o tirado faltando 20 minutos, mas ele precisa jogar”, explicou o comandante.

Leandro Damião fez sua estreia com a camisa do Peixe na vitória sobre o Linense, quando foi substituído por Stéfano Yuri. Já na noite desta terça, o jogador disputou sua segunda partida pelo Alvinegro, sendo a primeira na Vila Belmiro.

Ricardo Saibun/Santos FC
Em sua primeira partida na Vila Belmiro, Leandro Damião permaneceu em campo durante os 90 minutos
Oswaldo de Oliveira esclareceu que só pôde deixar o atacante durante os 90 minutos no compromisso porque o time abriu dois gols de vantagem ainda no primeiro tempo. Além disso, o Comercial teve o lateral Wilian Simões expulso na etapa final.

“Como estávamos com vantagem e o adversário tinha um a menos, deixei para que tenha mais ritmo e entrosamento. Se não fosse assim, certamente teria substituído. Ele ficou muito tempo sem jogar e vem atuando agora com os novos companheiros”, comentou.

O atacante só não começou antes sua trajetória pelo Santos porque havia pendências em sua transferência do Internacional. A entrada do ex-colorado fez Oswaldo deixar a revelação Gabriel no banco de reservas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade