Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Para encontrar dirigente sul-coreano, Felipão visita Academia de Futebol

William Correia São Paulo (SP)

Técnico durante quase toda a campanha do rebaixamento no Brasileiro de 2012, Luiz Felipe Scolari voltou à Academia de Futebol nesta sexta-feira. Mas sua presença não foi só para rever ex-colegas de trabalho no Palmeiras. O treinador da Seleção Brasileira apareceu para encontrar um dirigente sul-coreano.

Felipão é amigo de Lee Chul Kun, presidente do Jeonbuk Hyundai Motors, time sul-coreano que venceu o Verdão em jogo-treino na tarde desta sexta-feira. O técnico trocou abraços não só com o dirigente, mas com outros membros do clube asiático.

Divulgação
Técnico arrancou gargalhadas de Paulo Nobre (Crédito da foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)
Aproveitando a presença ilustre, Paulo Nobre, presidente do Palmeiras, deu um abraço no treinador acompanhado pelo diretor de marketing do Verdão, Marcelo Giannubilo. Todos trocaram risadas e conversas antes de o jogo-treino começar e Scolari, então, ir para as dependências internas do centro de treinamento.

Luiz Felipe Scolari é o segundo treinador que mais comandou o Palmeiras, com 407 partidas, e conquistou a Libertadores de 1999, a Copa do Brasil e a Copa Mercosul de 1998 e o Torneio Rio-São Paulo de 2000 em sua primeira passagem. Voltou ao clube em 2010 e foi campeão da Copa do Brasil de 2012, mas saiu no mesmo ano pouco antes da confirmação do rebaixamento no Brasileiro.

Além de Felipão, outros visitantes no centro de treinamento foram sócios-torcedores. Entre os membros do Avanti, foram escolhidos 50 para acompanhar o jogo-treino. Aproveitaram para tirar fotos dos jogadores e aplaudir os lances executados pelos reservas de Gilson Kleina.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade