Futebol/Campeonato Goiano - ( )

Para Foguinho, Dragão tem “obrigação de vencer” o próximo confronto

Goiânia (GO)

A derrota por 3 a 1 para o Goianésia na última rodada do Estadual preocupou os jogadores do Atlético-GO. Com a classificação cada vez mais distante, o volante Renan Foguinho afirmou que a equipe não pode ser surpreendida com mais uma derrota na competição. Por esse motivo, a vitória contra o Grêmio Anápolis no domingo, às 16 horas (de Brasília), fora de casa, é essencial.

“A gente sabe que a derrota do último jogo teve uma influência muito grande na tabela e a gente vai pra lá com a obrigação de vencer. A gente não pensa em tropeço, isso pode complicar ainda mais nossa situação. Ficar com quatro vitórias e quatro derrotas não é a campanha que a gente estava esperando para o Campeonato Goiano. Tem que ir lá, vencer e não deixar que a pressão atrapalhe a gente”, disse Foguinho.

Uma adversidade enfrentada pelo clube fora de campo pode ser outro fator que esteja atrapalhando o rendimento do Dragão. O mesmo problema dos salários atrasados ocorrido na temporada do ano passado voltou a pairar sobre a equipe. Apesar disso, Foguinho acredita que a diretoria dará uma solução rápida à dificuldade enfrentada.

Divulgação/Atletico-GO
Foguinho acredita que o problema com salários atrasados não deve comprometer o rendimento dentro de campo
“A gente não quer passar pela mesma situação (do ano passado). Eles deram a palavra deles de que tudo vai se acertar e a gente também tem que dar um voto de confiança. Eu voltei pra cá porque foi me dito isso, então eu acredito. Não pode deixar que isso se transfira para dentro do campo, porque senão as coisas vão ficar piores. A gente tem que saber que eles vão fazer o máximo para acertar as coisas”, destacou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade