Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Para superar desfalques, Wesley cita importância de bicho a familiares

William Correia São Paulo (SP)

O Palmeiras não pôde contar com nove jogadores de seu elenco no domingo, mas os desfalques não são citados como argumento para a derrota para o Botafogo em Ribeirão Preto. A maioria não deve enfrentar o São Bernardo, na quinta-feira, e Wesley vai além do discurso de que quem está no clube tem qualidade: apela para a necessidade de cada família como motivação pela vitória.

“Todos aqui têm família, cada atleta representa bastante gente que depende dele. É importante colocar isso em campo para superar as ausências e voltar a somar pontos”, disse o volante. “Quem está no dia a dia sempre procurando o bom ambiente sabe que é de grande importância vencer para a família ficar feliz. Se o bicho vier, todos ficamos felizes”, prosseguiu.

Apesar de ser citada pelo camisa 11, a premiação por resultado positivo não é tão grande no Verdão como em outros clubes grandes. O acordo estabelecido pela diretoria é de que o bônus por objetivo conquistado será maior a cada classificação e, principalmente, título festejado na temporada.

Independentemente do prêmio, porém, ganhá-lo tem que estar na cabeça dos atletas. “Quando você está passando por um momento complicado, quem mais te ama está do seu lado. Tem até gente da família que não está ao seu lado em todos os momentos, mas que levamos em consideração. Por isso, a família sempre torce para que sejamos vitoriosos”, falou Wesley.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Volante é um dos raros jogadores que devem voltar ao time para quinta-feira e cobra motivação extracampo
Jogadores considerados reservas no início da temporada devem ter nova chance, já que os zagueiros Wellington, Victorino e Thiago Martins, o volante Josimar e os atacantes Leandro e Diogo estão descartados para quinta-feira. “Todos são importantes e estão aqui para ser vistos colocando seu futebol em prática. O importante é estar focado e consciente do que fazer”, discursou Wesley.

O meio-campista é um raro caso de provável volta, já que ele e o lateral esquerdo Juninho só não atuaram no domingo porque exames detectaram desgaste muscular e grande possibilidade de lesão. Além dos dois, o atacante Alan Kardec retorna de suspensão. Mas o volante França e o meia Bruno César cumprirão gancho.

“Não gosto de ficar fora, mas faz parte. Com a comissão técnica e o departamento médico, entramos em consenso para prevenir uma possível lesão. Eu só estava com a perna pesada, mas foi bom. Estou mais tranquilo. Tomara que eu volte a ter oportunidade e mostre um bom futebol”, afirmou Wesley.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade