Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Pato se abre e causa boa impressão a novos colegas e direção

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Se a primeira impressão é a que fica, Alexandre Pato deverá ter bom ambiente ao longo de seus quase dois anos de contrato com o São Paulo. Dirigentes, colegas de elenco e funcionários do clube gostaram do modo com que o atacante se apresentou, na terça-feira à tarde, em sua primeira aparição no CT da Barra Funda.

Liberado pelo Corinthians para treinar antes mesmo de assinar, o jogador revelou episódios difíceis de sua passagem que contribuíram para que ele não tivesse um grande ano em 2013. A demonstração de confiança ao compartilhar problemas particulares desarmou o prejulgamento que muitos tinham por conta de relatos de terceiros a seu respeito.

"Além disso, ele me pareceu estar muito motivado a ter sucesso, até porque sabe que tem que provar aqui. É um atleta muito bem articulado e fino em termos de educação", disse um dos dirigentes que mais conversaram com o jogador.

Reprodução/Instagram
Muricy deu boas-vindas ao seu novo comandado
Até mesmo com Rogério Ceni o primeiro contato aparentemente foi bom. Em fotografia divulgada pelo clube, o goleiro, que teve desavenças em campo com o atacante nos primeiros clássicos da temporada passada, aparece sorrindo ao lado do reforço. Como prometido na semana passada, portanto, o camisa 1 e capitão são-paulino recepcionou cordialmente o ex-corintiano.

Wellington, formado nas divisões de base e um dos atletas de maior identificação com o clube, foi outro a reafirmar as boas-vindas ao novo colega. "Foi muito boa a recepção. Como o Muricy (Ramalho, treinador) tinha nos falado, ele é um excelente profissional. Todos que chegam aqui são bem recebidos. Com o Pato, não foi diferente. Nós o recebemos de braços abertos", disse o volante, após o treino desta quarta-feira.

Treino em que Pato, ainda ambientando-se aos companheiros, pouco fez. Tanto durante atividade em que Muricy dividiu o elenco em três times quanto em um treino coletivo no qual formou dupla de ataque com Ademilson – o prata da casa, inclusive, destacou-se mais, tendo anotado um belo gol.

O reforço só assinará assim que forem resolvidas pendências financeiras entre ele e o Corinthians. De qualquer forma, por já ter ultrapassado limite de jogos para defender outro time no Campeonato Paulista, ele deverá estrear em 12 de março, contra o CSA, em Maceió, pela Copa do Brasil.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade