Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Paulo André se apresenta a time chinês e brinca com idioma: “Só no Ni Hao”

Shanghai (China)

Líder do Bom Senso FC e zagueiro campeão mundial com o Corinthians em 2012, Paulo Andé iniciou, neste fim de semana, uma nova fase em sua carreira. Depois de uma longa e cansativa viagem, o defensor chegou à China e teve o primeiro contato com seus novos companheiros de clube, o Shangai Shenhua. Através de sua página no Facebook, Paulo André postou fotos do momento, e relatou as primeiras dificuldades no país asiático.

A principal delas, segundo o zagueiro, certamente está sendo o idioma. O jogador, inclusive, brincou com este fato em uma das postagens na rede social. “Paulo, quer falar alguma coisa? Sim, claro. Ni hao!”, brincou, na legenda de uma das fotos, na qual aparece rodeado por alguns jogadores chineses. Na língua do país asiático, “Ni Hao” significa o simples “Oi” do português.

Ainda antes de desembarcar em solo chinês, Paulo André já havia postado uma foto do avião que o levaria para o outro do lado do planeta. Depois, registrou um momento com um amigo durante a viagem, e, por fim, publicou uma foto ao lado do auxiliar técnico do Shangai Shenhua, a quem já conhecia há 15 anos.

Reprodução/Facebook
Paulo André deixou o Corinthians na semana passada e já se apresentou ao Shangai Shenhua, da China

Paulo André deixou o Timão na última semana, após conversa com o diretor de futebol do Corinthians, Ronaldo Ximenes. O zagueiro tomou a decisão de sair do clube alvinegro depois de saber que não teria o seu contrato renovado. O vínculo se encerrava em dezembro deste ano, mas o defensor preferiu aproveitar a proposta do futebol chinês e sair antes.

Ele estava no Corinthians desde 2009 e participou ativamente do período mais vitorioso da história do clube, que conquistou Campeonato Paulista, Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Libertadores da América, Mundial de Clubes da Fifa e Recopa Sul-americana nestes cinco anos. O zagueiro também é um dos líderes do movimento Bom Senso FC, que surgiu no ano passado para tentar brigar por melhores condições no futebol brasileiro. No discurso de despedida do Timão, ele assegurou que, mesmo na China, continuará contribuindo com as ideias por meio de redes sociais, para a evolução do futebol brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade