Futebol/Copa Libertadores - ( )

Paulo Autuori explica futebol ruim contra o Zamora e elogia R10

Do correspondente Wanderson Lima Barinas (Venezuela)

O Atlético-MG estreou com vitória na Libertadores, mas o futebol apresentado pelo Galo não agradou. O técnico Paulo Autuori tentou explicar o desempenho ruim alegando falta de ritmo e mobilidade. Segundo ele, o desempenho da equipe é normal pelo pouco tempo de trabalho. O treinador disse ainda, que o problema enfrentando pelo Atlético-MG é comum de outras equipes.

“Faltou profundidade no primeiro tempo. Tem a ver com a falta de mobilidade que a gente ainda tem. É normal. Perfeitamente normal, pelo tempo de trabalho. E não é só com a gente. O jogo ficou aberto no segundo tempo. A experiência e o espírito de sacrifico da equipe fez com que a gente saísse com essa importante vitória”, analisou.

O duelo contra os venezuelanos do Zamora marcou a estreia de Ronaldinho Gaúcho na temporada. O jogador demorou a assinar contrato com o Atlético-MG e ainda precisou cumprir punição por ter sido expulso no Mundial de Clubes. O atleta foi elogiado por Paulo Autuori, que entendeu que R10 conseguiu mostrar posicionamento em campo.

"Ele estava um tempo sem jogar. Primeiro jogo que ele fez e já com essa viagem. Posicionou-se bem, sem a bola. Ele tem experiência para isso. O sacrifício dele foi importante. Não tínhamos o resultado no primeiro tempo. É normal, pelo pouco tempo que temos. Mas o mais importante foi que o time teve paciência para conquistar o resultado no final de jogo", declarou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade