Futebol/Campeonato Pernambucano - ( - Atualizado )

Podendo não participar do Estadual, Sport tenta derrubar liminar

Recife (PE)

O Sport declarou apoio à Federação Pernambucana de Futebol (FPF) na polêmica tabela do Campeonato Pernambucano aprovada no meio da semana. O Leão da Ilha espera enfrentar o Naútico na Arena Pernambuco, nesta-segunda feira, pela 1ª rodada do Estadual. A diretoria do time reúne força para derrubar a liminar concedida a favor do Timbu pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE). Caso não consiga reverter a decisão, o clube não vai participar do torneio.

“A decisão foi tomada. O presidente da Federação se posicionou. Ele vai entrar com um recurso no TJD-PE para cassar o mandado de garantia. Todos os jogos serão empurrados para a segunda-feira. Acredito que amanhã de tarde a sanção será realizada e vai se manter a última tabela”, disse o representante do Sport na FPF, Fred Domingos, ao Diário de Pernambuco.

“Não há possibilidade de não conseguir cassar. O direito da Federação é muito bom. O advogado deles no Rio de Janeiro está preparando uma peça jurídica. O Sport vai fornecer cunho legal substanciando a petição. Se não cassar, nós não entraremos em campo. Só aceitamos jogar com a tabela que foi aprovada na quarta-feira pelos clubes, inclusive o Náutico”, enfatizou Fred Domingos.

O TJD-PE deu ganho de causa ao Náutico na sexta-feira e a tabela do hexagonal do Campeonato Pernambucano mudou. A mudança volta com a primeira versão da tabela, divulgada no dia 31 de janeiro.

O Sport soltou uma nota oficial na noite de sexta-feira, garantindo que buscará seus direitos, se preciso, no STJD.

Confira na íntegra a nota oficial do Sport:

Na noite desta sexta-feira (07), estranhamente uma decisão de bastidores totalmente prejudicial ao Sport foi adotada pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-PE), impondo que o Sport tenha que jogar contra o Salgueiro neste final de semana.

Por entender que esta decisão contraria vários dispositivos legais, inclusive o Estatuto do Torcedor, o Sport Club do Recife manifestou veementemente a sua discordância e acionou o seu departamento jurídico para que sejam tomadas todas as medidas judiciais que visem o reestabelecimento da ordem e da isonomia entre os clubes disputantes do Campeonato Pernambucano. O Sport não aceita que haja privilegiados na disputa do Estadual.

De acordo com o presidente, João Humberto Martorelli, o clube vai recorrer à decisão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). "É inadmissível o que estão fazendo com o Sport diante de uma competição tão tradicional. Garanto que não vamos ser omissos, e vamos recorrer até a última instância para que a regra seja cumprida e o campeonato siga conforme o planejado", atestou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade