Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ponte treina em ginásio e Adrianinho exalta necessidade de vencer

Campinas (SP)

Nesta sexta-feira, a Ponte Preta fez o último treino antes de encarar o Oeste, no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), no Moisés Lucarelli, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Devido à forte chuva que atingiu a cidade de Campinas, a Macaca fez suas atividades no ginásio da unidade Paineiras.

Com 18 pontos conquistados, a Ponte ocupa a vice-liderança do Grupo C, atrás do líder Santos, com 26, e precisa vencer para manter o bom posicionamento e chegar mais perto de garantir uma vaga às quartas de final do Estadual. Em entrevista coletiva, o meia Adrianinho comentou que o elenco, mesmo enfrentando um adversário que briga para não cair, não pode vacilar.

“Tivemos alguns problemas em jogos contra esses times teoricamente fracos e não podemos achar que jogar dentro de casa, contra quem não vem bem, não dificulta para nós. Temos que entrar concentrados, ligados e fazer o melhor dentro de campo desde o começo, para que tudo fique mais tranquilo”, disse.

O jogador aproveitou o momento para analisar o esquema adotado pelo técnico Vadão, que vem trazendo resultados positivos à equipe. “O 4-3-3 é nosso novo jeito de jogar e é sempre alternado com 4-4-2. Mas para nós é bem tranquilo, porque ele faz esse esquema se formar de maneira simples e nos explica bem”, afirmou.

Adrianinho rebateu as críticas que a Ponte sofreu no início do campeonato destacando o bom desempenho do time no Estadual até aqui. Para ele, o segredo do sucesso consiste em apenas uma palavra: simplicidade. “É fundamental. Tanto no passe, quanto na forma de jogar”.

“O Vadão fala para nós que a prioridade é para quem está de frente. A bola chegou e você está de costas, toca para que está de frente, que está enxergando todo o jogo. Isso facilita dentro de campo. Quem tem que correr é a bola, jogador se movimenta apenas na hora certa”, finalizou o meia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade