Futebol/Copa 2014 - ( )

Por tradição, Nobre espera que amigo Felipão leve palmeirense à Copa

Bruno Ceccon e Helder Júnior São Paulo (SP)

A Seleção Brasileira contou com jogadores do Palmeiras nos cinco títulos mundiais de sua história. Para manter a tradição, Paulo Nobre, presidente do clube, espera que o técnico Luiz Felipe Scolari convoque algum atleta da equipe para a edição de 2014 da Copa.

“O Brasil nunca foi campeão mundial sem um jogador do Palmeiras”, afirmou o dirigente. Mazzola (1958), Vavá, Djalma Santos e Zequinha (1962), Leão e Baldocchi (1970), Zinho e Mazinho (1994) e Marcos (2002) construíram a tradição do clube na Seleção.

Paulo Nobre chefiou a delegação brasileira nos amistosos contra Itália e Rússia, disputados em março do ano passado. Durante a estadia com o time nacional, o dirigente, presidente do Palmeiras desde 2013, aproveitou para fazer lobby por seus jogadores.

“Quando tive a oportunidade de chefiar a delegação, falei para o meu amigo Felipão e para o Parreira (coordenador técnico): 'Se quiserem ser campeões, têm que levar alguém do Palmeiras'. Eles representarão muito bem o Brasil, tenho certeza”, declarou o mandatário.

Com a série de lesões de Fred, o preferido de Felipão para vestir a camisa 9, e a queda de rendimento de Leandro Damião, o centroavante Alan Kardec vem sendo especulado para integrar a convocação para o amistoso diante da África do Sul, a última antes da divulgação da lista definitiva para o Mundial.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O centroavante Alan Kardec sonha com a possibilidade de defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo-2014
“Quem sabe o Alan ou algum outro?”, sonhou Nobre. O jovem Leandro, também atacante, foi chamado por Felipão para defender a Seleção Brasileira durante o ano passado e chegou a estufar as redes com a amarelinha, mas não vive uma boa fase no Palmeiras atualmente.

Além de Alan Kardec, dono de um estilo admirado por Felipão, alguns estrangeiros do Palmeiras têm o desejo de disputar a Copa do Mundo de 2014. O meia chileno Jorge Valdívia e o volante uruguaio Sebastian Eguren, compatriota do zagueiro Maurício Victorino, sonham com a possibilidade de defender suas respectivas seleções no Brasil.

“Como presidente e torcedor do clube, eu sempre acho que os jogadores do Palmeiras são os melhores. Por mim, poderiam ser convocados para a Copa do Mundo até mesmo os jogadores da equipe que não são brasileiros”, afirmou Paulo Nobre, otimista.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade