Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Presidente pede para a torcida do Santos ter paciência com Damião

Helder Júnior e Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Reforço mais caro já contratado por um brasileiro, o centroavante Leandro Damião conta não apenas com a confiança do técnico Oswaldo de Oliveira para vingar no Santos. O jogador também continuou a ser defendido pela diretoria após computar a sua terceira partida sem marcar gols – além de ter cometido um pênalti na derrota por 4 a 1 para o Penapolense, no domingo.

“Essa fase é natural. O Leandro Damião está em um clube novo. É questão de tempo para melhorar. Todo o mundo conhece o potencial dele, um atacante que sabe jogar e fazer gols. A torcida deve ter paciência”, pediu o presidente em exercício Odílio Rodrigues.

A confiança do dirigente em não ver o alto investimento feito pelo Santos resultar em fracasso dentro de campo é tamanha que ele vislumbrou até o retorno de Damião à Seleção Brasileira. “Ele já mostrou que tem condições de jogar na Seleção. É questão de momento. Tenho certeza de que, atuando bem e reencontrando o caminho do gol, voltará a ser convocado”, declarou.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Odílio Rodrigues considerou goleada "acidente" e ainda enxerga futuro promissor para Damião
Odílio Rodrigues passou a segunda-feira em São Paulo, para ir à Federação Paulista de Futebol (FPF) durante o dia e a um evento publicitário à noite. Ainda assim, fez questão de telefonar para Oswaldo de Oliveira para falar sobre a inesperada goleada sofrida na rodada passada do Campeonato Paulista.

“Houve uma reunião. O ambiente está bom, e o Oswaldo segue muito tranquilo. A derrota foi considerada um acidente no nosso caminho. Vamos reverter esse resultado”, garantiu o presidente em exercício.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade