Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Prestes a enfrentar o Comercial, Sacoman diz: "Vadão nos mudou"

Campinas (SP)

Antes de viajar a Ribeirão Preto, o zagueiro da Ponte Preta, Diego Sacoman, enfatizou que a chegada do técnico Vadão trouxe novo ânimo à equipe, além de transformar o estilo de jogo dos campineiros. A Macaca visita o Comercial na próxima quarta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Palma Travassos, pela sexta rodada do Campeonato Paulista e quer embalar uma sequência de vitórias.

“O Vadão chegou, conversou bastante, nos passou confiança e conseguiu mudar um pouco nossa forma de atuar. Isso mesmo sem muito tempo de trabalho. Felizmente deu certo e conseguimos um resultado positivo”, disse, lembrando a vitória do último domingo, por 2 a 1, sobre o Corinthians, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

A principal alteração de Vadão na equipe foi a volta do esquema tático 4-3-3, ao invés do 3-5-2 de Sidney Moraes, ex-treinador da Ponte. “Estou aqui há dois anos e sempre jogamos com quatro zagueiros. Leva um tempo para assimilar um esquema com apenas três. O meia tem que voltar para ajudar na marcação, os laterais atuam como volantes e isso só vem com muito treino e requer tempo. Não tínhamos isso”, analisou.

Divulgação/A. A. Ponte Preta
Macaca bateu o Timão na jornada passada do Paulistão
O goleiro Roberto, um dos principais jogadores do clube campineiro, também enalteceu a chegada do novo ‘professor’. “Ele falou as palavras certas, nos deu moral e nos colocou em campo de uma maneira que sabíamos jogar”, completou.

Demissão – O diretor de futebol José Hamilton Silva deixou o cargo à disposição na manhã desta terça-feira. Ele afirma que pediu demissão da Ponte Preta por motivos pessoais de incompatibilidade entre sua vida profissional e o cargo que ocupava. “Por não dedicar-me totalmente à função, desligo-me para abrir caminho e desejo que novas pessoas continuem carregando esta bandeira”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade