Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Rabello diz que Cavalieri foi alertado sobre marcação no gramado

Rio de Janeiro (RJ)

Grande parte dos torcedores não entendeu por que o goleiro Diego Cavalieri recebeu cartão amarelo antes do clássico contra o Botafogo, no último domingo, no Maracanã. Nesta segunda-feira, o presidente da Comissão de Arbitragem do Rio de Janeiro, Jorge Rabello, disse que o goleiro foi advertido ainda no vestiário de que seria advertido caso fizesse alguma marcação no gramado.

Cavalieri recebeu o cartão amarelo por ter feito um buraco na linha da pequena área. A prática, que ajuda o goleiro a se orientar, é adotada pelo camisa 12 em todas as partidas do Fluminense. Na última semana, os administradores do Maracanã se queixaram da atitude e a arbitragem passou a olhas mais atentamente para o caso.

Nelson Perez/Fluminense FC
Diego Cavalieri não imaginava que a arbitragem realmente aplicaria o cartão amarelo
“Aconteceu nesse jogo. E vou mais além, a arbitragem teve a preocupação de preventivamente ir ao vestiário e comunicar isso. Não é que a arbitragem esteja ali par criar problemas. Infelizmente ele não aceitou as ponderações, chegou lá, fez e foi advertido”, disse Rabello em entrevista à Rádio Brasil.

O dirigente reconheceu não ter percebido a artimanha de Cavalieri até a história começar a ganhar repercussão em alguns veículos de imprensa, ao longo da última semana.

“É uma coisa nova, houve esse desconforto. No meu tempo, as regras não se preocupavam com isso, mas houve alterações nas regras. Nas competições da Fifa, não se permite esse tipo de comportamento. Eu estava no Maracanã e nem vi quando o Cavalieri fez isso. Só quando teve a matéria que eu passei a dar atenção maior. Mas é uma coisa simples de resolver. Pela capacidade técnica dele, que é de Seleção, acredito que ele possa encontrar outra forma para evitar tomar um cartão”, afirmou.

A derrota por 3 a 0 para o Botafogo deixou o Fluminense na segunda colocação do Campeonato Carioca, com 22 pontos. O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), quando enfrenta a Cabofriense no estádio Moacyrzão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade