Futebol/Campeonato Gaúcho - ( - Atualizado )

Rafael Moura aprova atuação do Inter, mas lamenta empate

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Na campanha ruim do Internacional no Campeonato Brasileiro do ano passado, o centroavante Rafael Moura costumava dizer que o time perdia pontos preciosos no detalhe, mesmo quando jogava bem. O discurso foi repetido pelo jogador neste domingo, após o Gre-Nal que terminou empatado em 1 a 1, na Arena do Grêmio.

“Foi no detalhe, como sempre. Jogamos bem, em cima, e dentro da casa do adversário, sem medo. Mas no detalhe perdemos dois pontos”, lamentou. O detalhe citado por He-Man foi o pênalti competido pelo zagueiro Paulão, aos 32 minutos do segundo tempo, em um momento no qual o Inter dominava o jogo.

Na saída de campo, Paulão negou que tenha cometido o pênalti: “disseram que eu toquei com a mão na bola, mas eu não toquei. Podem ver na imagem”, protestou o beque. O lance foi tão reclamado pelo Inter que, além de Paulão, outros três jogadores receberam cartão amarelo por reclamação.

Destaque da equipe rubra na partida, o lateral Fabrício explicou o lance do gol que marcou, aos 44 minutos da etapa inicial: “acreditei no passe do Willians e fui feliz em fazer o gol”, apontou o ala, que marcou pela segunda vez em Gre-Nais.

O empate tira do Inter os 100% de aproveitamento no Gauchão. No entanto, a rubra manteve a invencibilidade e a liderança do Grupo A, com 19 pontos em 7 jogos. O próximo jogo agora será no sábado, contra o Caxias, partida que o clube pretende sediar no novo Beira-Rio.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade