Futebol/Liga dos Campeões - ( )

Real quebra “maldição alemã”, arrasa o Schalke 04 e encaminha vaga

Gelsenkirchen (Alemanha)

O Real Madrid quebrou um jejum que já durava mais de uma década nesta quarta-feira e encaminhou sua classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões. Com gols de Benzema (dois), Bale (dois) e Cristiano Ronaldo (dois), os merengues golearam o Schalke 04 por 6 a 1, em Gelsenkirchen, na Alemanha, no jogo de ida das oitavas de final da competição europeia. Huntelaar, já nos acréscimos, marcou o gol de honra dos alemães.

A única e última vitória do Real em solo alemão nos jogos válidos pelas competições europeias aconteceu na temporada 2000-01, quando os espanhóis venceram o Bayer Leverkusen pela Champions. O retrospecto negativo pressionava o time merengue antes mesmo do início do duelo desta quarta: em 25 jogos até então, haviam sido 18 derrotas e seis empates.

No jogo de volta, que será disputado no Santiago Bernabéu, em Madri, no dia 18 de março, o Real conseguirá a vaga mesmo se for derrotado por quatro gols de diferença. Vitória dos alemães por 6 a 1 levará a decisão da vaga para a prorrogação.

O jogo – A equipe alemã quase chegou ao gol no primeiro lance do jogo, a um minuto. Após cobrança de escanteio da direita, o zagueiro e capitão Howedes subiu livre e cabeceou com perigo. A bola passou perto da trave direita de Casillas, suscitando as primeiras queixas do goleiro merengue à sua defesa.

Aos 12 minutos, uma boa trama do Real Madrid resultou na abertura do placar. Bale recebeu de Modric na direita, livrou-se de ao menos dois marcadores e passou para Cristiano Ronaldo, que tocou de letra buscando Benzema: o brasileiro Felipe Santana viu a bola passar entre as suas pernas e sobrar para o centroavante francês, que, frente a frente com o goleiro Fahrmann, só precisou completar para o gol.

AFP
Com os dois gols marcados nesta quarta, Ronaldo ultrapassou Ibrahimovic se isolou na artilharia da Liga dos Campeões, com 11 gols (foto: Patrik Stollarz)
No lance seguinte, o Schalke não empatou a partida por um milagre de Iker Casillas. Farfán foi a linha de fundo pela direita e cruzou na medida para Draxler, que, dentro da pequena área, finalizou à queima-roupa. Ágil, o goleiro do Real Madrid voltou a tempo de evitar que a bola entrasse.

Aos 20 minutos, uma saída de bola errada do brasileiro Felipe Santana deu origem ao segundo gol merengue. O brasileiro perdeu a bola para Benzema, que passou para o galês Gareth Bale. O camisa 11 do Real se livrou de Santana com um corte seco, entrou na área, evitou a marcação de Kolasinac e, de bico, marcou um golaço.

Cristiano Ronaldo teve três oportunidades para marcar no primeiro tempo, mas não conseguiu aproveitá-las. Aos 31, o português recebeu na ponta direita, livrou-se de seu único marcador e finalizou na trave. Cinco minutos mais tarde, Ronaldo recebeu livre na área e chutou rasteiro: Fahrmann, com a perna esquerda, conseguiu salvar o Schalke. No último lance da primeira etapa, o camisa 7 merengue recebeu lindo passe de Benzema, mas novamente não conseguiu vencer o arqueiro adversário.

A segunda etapa teve um início parecido com o da primeira: o Schalke tomou a iniciativa de atacar. Logo no primeiro minuto, Boateng recebeu na intermediária e arriscou para o gol, obrigando Casillas a fazer boa defesa e espalmar a bola para o lado.

O gol de Cristiano Ronaldo finalmente saiu aos seis minutos. O português recebeu pelo lado esquerdo, pedalou para cima de Matip, entrou na área e, com a perna esquerda, finalizou firme, sem chances para Fahrmann, marcando um belo gol, o terceiro do Real.

AFP
Benzema e Bale comemoram um dos quatro gols que fizeram na goleada sobre os alemães (foto: Patrik Stollarz)
Aos 12, Benzema anotou seu segundo, o quarto do time merengue. O centroavante francês tabelou com Cristiano Ronaldo, que lhe devolveu a bola de calcanhar, entrou na área, livrou-se do goleiro e empurrou para as redes.

Bale também fez seu segundo, o quinto do Real, aos 23. O galês recebeu lindo passe de Sergio Ramos, que se aventurava no ataque, foi mais rápido que Fahrmann e, com um chute preciso, não deu chances de defesa para o goleiro do Schalke 04.

Já no final do jogo, aos 44 minutos, o Schalke 04 errou novamente na saída de bola e Benzema tocou para Cristiano Ronaldo, que entrou na área, livrou-se do goleiro e finalizou para marcar o sexto do Real.

No lance seguinte, Huntelaar recebeu cruzamento e, com um lindo chute de primeira, acertou o ângulo esquerdo de Casillas, marcando o gol de honra do Schalke.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade