Futebol/Campeonato Mineiro - ( - Atualizado )

Reservas do Atlético-MG medem forças contra o Tupi no Mário Helênio

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Carlos, Dodô, Gabriel e Donato, nomes pouco conhecidos da torcida do Atlético-MG, mas que terão a oportunidade de apresentar o cartão de visitas para o torcedor alvinegro neste sábado. Os atleticanos enfrentam o Tupi, às 17h, no estádio Mário Helênio, mas a equipe titular e até o técnico Paulo Autuori não estarão presentes em Juiz de Fora.

Os jogadores e a comissão técnica do time principal vão seguir para Barinas, na Venezuela, palco da estreia atleticana rumo ao bicampeonato da Copa Libertadores. O Galo joga na terça-feira, contra o Zamora, por isso, a equipe alternativa é que vai representar o clube na Zona da Mata mineira.

Contra o Tupi, o Atlético-MG terá o comando de Renê Weber, auxiliar de Autuori, e Rogério Micale, técnico do time de juniores. “Vai uma equipe que nos dá segurança de ser competitiva. Mesmo diante de um jogo complicado”, disse Paulo Autuori, que justificou a ausência e a ida de Rogério Micale para Juiz de Fora.

“Eu não vou poder ir com a equipe. Já tem a equipe programada para jogar. Vai com o Renê. O Micale viaja junto porque teremos jogadores do sub-20. É um jogo complicado, difícil, mas temos a confiança que o time que vai para Juiz de Fora vai representar bem o Atlético-MG”, declarou.

Arte GE.Net
O Tupi iniciou bem o Mineiro, com um empate contra o América-MG e vitória contra o Minas Boca, mas na rodada passada, o Galo Carijó tropeçou diante da URT e agora quer a reabilitação diante do Atlético-MG. Para superar o Galo da capital, Ademilson garante que o segredo é o Tupi encarar a partida com seriedade, mesmo com os atleticanos usando um time reserva.

“Vamos jogar da mesma maneira que jogaríamos contra a equipe principal. Independente dos jogadores que virão para Juiz de Fora, eles estarão com a camisa do Atlético-MG. Temos que estar preparados. Por isso, o empenho será o mesmo”, garantiu Ademilson, que pretende ajudar o Tupi com gols e brigando pela artilharia do campeonato.

“Tenho trabalhando forte para estar em boas condições físicas e poder ajudar o Tupi. A torcida sempre me trata com muito carinho e isso me motiva bastante. Atacante vive de gols, portanto tenho que procurar marcar em todos os jogos. Brigar pela artilharia também é importante”, disse.

Outros jogos:

Domingo 
17h00 Tombense x Caldense 
17h00 Minas Boca x Boa Esporte 
17h00 Cruzeiro x América-MG 
18h30 Nacional x Guarani 

FICHA TÉCNICA
TUPI X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Data: 08 de fevereiro de 2014, sábado
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcos Vinícius de Sá dos Santos (CBF/FMF)
Assistentes: Luiz Antônio Barbosa (CBF/FMF) e Filipe Ramos Santana (FMF)

TUPI: Jordan; Henrique, Helder, Elivélton e Fabrício; Felipe Lima, Maguinho, Núbio e Toledo; Miguel e Ademilson
Técnico: Wilson Gotardo

ATLÉTICO-MG: Lee; Michel, Donato, Gabriel e Alex; Lucas Cândido, Claudinei, Renan Oliveira e Leleu; Marion e André
Técnico: Renê Weber e Rogério Micale

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade