Futebol/Copa do Nordeste - ( - Atualizado )

Retrospecto anima Carlos Alberto para início de mata-mata do Santa

Recife (PE)

Carlos Alberto tem 25 anos, ainda não teve destaque no cenário nacional, mas pretende usar de sua experiência em duelos mata-matas para ajudar o Santa Cruz nesta reta final de Copa do Nordeste. Antes no futebol paulista, o meia, contratado no início desta temporada, já disputou duas decisões nos últimos anos e quer manter o retrospecto positivo na carreira.

"Se a gente falar sobre mata-matas, fui semifinalista com o Mogi Mirim-SP em 2013, Campeão do Interior (SP) com o Botafogo-SP em 2010, então, posso contribuir com o Santa Cruz, salientando que, dentro de casa, temos que fazer nosso papel e, fora, não ser surpreendido", disse Carlos Alberto.

Depois de garantir a classificação com um segundo lugar do Grupo B, o Santa Cruz encara o Guarany de Sobral neste sábado, às 17 horas (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Nordeste. Como o adversário cearense tem melhor campanha, o time coral faz a primeira partida da decisão no Arruda.

Sendo assim, Carlos Alberto sabe da importância de fazer o bom resultado diante da torcida pernambucana. "A gente, em casa, tem que procurar vencer, mas não a todo custo, é preciso fazer valer o fator casa, construir um placar que nos dê a condição de classificar de se classificar no jogo de volta", concluiu o meia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade