Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Sétimo nos pontos corridos, Muricy confia em êxito no mata-mata

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Tido como especialista em torneios de pontos corridos, Muricy Ramalho não leva o São Paulo além da sétima colocação na tabela geral do Campeonato Paulista neste momento. O regulamento da atual edição, porém, permite que o treinador aposte em sucesso mais adiante, desde que termine a primeira fase entre os dois primeiros colocados de sua chave.

"Estamos construindo um novo time, mudando completamente o dos outros anos, principalmente o do ano passado. Com certeza, no final do Campeonato Paulista, estaremos com um time bastante forte", disse recentemente o tricampeão brasileiro pelo clube (2006, 2007 e 2008), após revés para a Ponte Preta, o terceiro na competição.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Treinador são-paulino acredita que seu time terá sucesso ao término da primeira fase da competição
Pesam contra o treinador seu histórico não tão vitorioso (quanto o de pontos corridos) em mata-mata pelo clube - na passagem anterior, colecionou quatro eliminações consecutivas na Copa Libertadores - e o passado igualmente negativo do São Paulo, que é eliminado na semifinal há sete anos seguidos.

Desde que o campeonato voltou a ter as fases finais em mata-mata, em 2007, a equipe caiu antes da decisão para São Caetano, Palmeiras (2008), Corinthians (2009 e 2013) e Santos (2010, 2011 e 2012). O último título estadual foi em 2005, em fórmula de pontos corridos.

Em novo formato, o Paulista deste ano dividiu os 20 participantes em quatro grupos. De cada um deles, passam os dois melhores às quartas de final. Sorteado para uma chave menos disputada, o São Paulo se sustenta na segunda posição, com 13 pontos ganhos, dois abaixo Penapolense, porém se vê na obrigação de retomar a ponta.

"Somos o (time) grande do grupo e somos cobrados por isso", reconhece o zagueiro Antônio Carlos. "A gente já planejava ter dificuldade no início, porque os adversários estariam melhores fisicamente. Não somos só nós com problema. O Santos perdeu, o Corinthians vem tendo dificuldade. O importante é começar a se alertar e brigar pela primeira colocação. Tem que ter respeito por todos, mas precisamos estar em primeiro".

O próximo compromisso será às 21 horas (de Brasília) de quinta-feira, contra o São Bernardo, fora de casa. Sua vantagem para o Linense, terceiro colocado, é de três pontos e nove gols de saldo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade