Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

STJD reduz punições a Vasco e Atlético-PR por briga em Joinville

Rio de Janeiro (RJ)

O pleno do STJD julgou, na tarde desta quinta-feira, recursos de Vasco e Atlético-PR referentes à briga envolvendo torcedores dos dois clubes, na Arena Joinville, em partida válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2013. Os cariocas tiveram a pena reduzida de oito perdas de mando (sendo quatro com portões fechados) para seis mandos – três deles sem torcida. Já o Furacão, punido inicialmente com a perda de 12 mandos – seis com portões fechados -, teve a punição diminuída para “apenas” nove partidas – quatro sem a presença de torcedores.

As partidas com portões fechados poderão ser disputadas no Rio de Janeiro e em Curitiba, respectivamente cidades-sede de Vasco e Atlético-PR. Os outros jogos, no entanto, deverão ser realizados a uma distância mínima de 100 quilômetros em relação às capitais.

O STJD também decidiu reduzir as multas aplicadas a ambos os clubes. O Cruz-Maltino, multado em R$ 80 mil no primeiro momento, agora terá de pagar R$ 50 mil. Os paranaenses, que inicialmente foram condenados a pagar R$ 120 mil, precisão desembolsar R$ 80 mil. Denunciadas pela promotoria do tribunal, as federações Paranaense e Catarinense permaneceram absolvidas.

A confusão aconteceu aos 16 minutos da partida disputada no dia 8 de dezembro. Depois de uma hora e 13 minutos de paralisação por causa da briga, o jogo foi reiniciado pelo árbitro, e terminou em goleada do Atlético-PR: 5 a 1. A vitória garantiu os paranaenses na Copa Libertadores deste ano e decretou o rebaixamento do Vasco para a Série B.

AFP
Briga resultou na prisão de torcedores; três envolvidos ficaram internados em estado grave (foto: Heuler Andrey)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade