Futebol/Copa Libertadores - ( - Atualizado )

'Tanque' Ferreyra desencanta e Botafogo bate San Lorenzo na estreia

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Na estreia da fase de grupos da Taça Libertadores, o Botafogo derrotou o San Lorenzo, da Argentina, por 2 a 0, em partida disputada na noite desta terça-feira, no Maracanã.

O resultado fez a equipe de General Severiano chegar aos três pontos ganhos e assumir, provisoriamente, a liderança do Grupo 2 que conta ainda com o Independente, do Equador, e Union Española. Ferreyra e Wallyson marcaram os gols do time alvinegro.

O resultado fez justiça ao desempenho do Botafogo que sempre mostrou maior disposição ofensiva do que o adversário, armado apenas para buscar o empate. Só depois de sofrer o segundo gol, é que a equipe de coração do Papa Francisco assumiu uma posição ofensiva, mas o time dirigido por Eduardo Hungaro soube defender o resultado.

Na próxima rodada do Grupo 2 da Libertadores, o Botafogo vai enfrentar o Union Española, no Santa Laura. O San Lorenzo vai receber o Independiente,do Equador, em Buenos Aires.

O jogo - O Botafogo começou a partida no ataque e logo no segundo minuto, Ferreyra recebeu na área e deixou para Lodeiro que bateu por cima do gol de Torrico. No minuto seguinte foi a vez de Júlio César tentar encobrir o goleiro argentino, um pouco adiantado, mas a bola subiu demais.

O San Lorenzo se mostrava muito cauteloso, concentrado na sua intermediária e deixando apenas Blandi isolado na frente.

Os jogadores alvinegros se mostravam irritados no início de partida, principalmente Jorge Wagner e Edilson que discutiam com jogadores portenhos, a cada dividida.

Aos dez minutos, o San Lorenzo construiu a primeira jogada de perigo. Correa levantou a bola na área e Gentiletti, sem marcação, cabeceou por cima do travessão.

A partida ficou muito truncada porque os dois times erravam passes e cometiam muitas faltas.Aos 15 minutos, Edilson bateu falta, a bola resvalou na barreira e sobrou para Lodeiro que chutou, de primeira, mas Torrico defendeu sem problemas.

O San Lorenzo respondeu aos 17 minutos, quando Correa cobrou escanteio e Cetto cabeceou para fora. Na jogada seguinte, Dória perdeu a bola na entrada da área para o atacante Blandi. O argentino tentou deslocar Jefferson, mas a bola saiu.

Divulgação/Botafogo F. R.
O argentino 'El Tanque' Ferreyra, reforço do Botafogo para a Libertadores, desencantou e ajudou na vitória da equipe
A equipe portenha adiantou a marcação e começou a complicar a troca de passes do time brasileiro. Ferreyra quase não tocava na bola, enquanto Wallyson se deslocava pelas laterais, mas era pouco acionado.

Aos 23 minutos, depois de falha da defesa alvinegra, Correa dividiu com Bolivar, mas usou a mão e chutou em cima de Jefferson, mesmo depois de o árbitro ter interrompido a jogada. Os jogadores alvinegros não gostaram e partiram para cima do argentino, gerando momentos de tensão dentro de campo.

Aos 29 minutos, o Botafogo marcou o primeiro gol. Jorge Wagner arriscou de fora da área, a bola desviou em Gentiletti e o goleiro Torrico defendeu parcialmente. Ferreyra chegou antes da zaga e mandou para as redes. Foi o primeiro gol de El Tanque com a camisa alvinegra.

Em desvantagem, o San Lorenzo adotou uma postura mais ofensiva, mas o Botafogo quase marcou o segundo gol, aos 35 minutos, quando após cruzamento na área, Ferreyra escorou, de cabeça, para Wallyson, mas Mercier bloqueou o chute do atacante.

Dois minutos depois, Correa arriscou de fora da área e Jefferson defendeu com segurança. Aos 42 minutos, o San Lorenzo desperdiçou a melhor oportunidade para marcar. Blandi enfiou a bola nas costas da zaga alvinegra e Correa apareceu livre na frente do Jefferson, mas chutou mal e mandou para fora.

Os dois times voltaram sem alterações para o segundo tempo. O Botafogo retornou apático, enquanto o San Lorenzo adiantou suas linhas e ficava mais tempo com a bola nos pés. Só aos seis minutos é que a equipe dirigida por Eduardo Hungaro voltou ao ataque.Wallyson entrou pela esquerda e tentou cruzar para Ferreyra, mas a zaga aliviou o perigo.

No minuto seguinte, o Botafogo ampliou. Wallyson recebeu na esquerda, derivou para o meio sem ser incomodado e bateu forte, no canto esquerdo de Torrico. Foi o quarto gol de Wallyson, artilheiro da competição.

Depois de sofrer o segundo gol,o técnico Edgardo Bauza decidiu adiantar sua equipe e colocou o experiente meia Romagnoli para organizar a equipe.

Divulgação/Facebook
O Botafogo repetiu a grande atuação que teve contra o Deportivo Quito e fez 2 a 0 com segurança
Eduardo Hungaro também mudou sua equipe, trocando o atacante Ferreyra por Henrique. El Tanque, autor do primeiro gol, saiu muito aplaudido pela torcida.

O time argentino tentava pressionar em busca do primeiro gol e, aos 26 minutos, após cruzamento na área, a defesa botafoguense hesitou e Mauro Matos cabeceou, mas não levou perigo para o gol de Jefferson.

O time argentino passou a pressionar, apelando, principalmente, para o jogo aéreo, mas o goleiro Jefferson apareceu bem nos cruzamentos.

Aos 40 minutos, após levantamento de Romagnolli,a defesa botafoguense ficou assistindo e Mauro Cetto, livre, cabeceou por cima, para alívio da torcida alvinegra. No minuto seguinte, Jefferson saiu nos pés de Correa e evitou a conclusão do meia argentino.

O goleiro Torrico ainda fez uma boa defesa em chute forte de Henrique, aos 42 minutos. Nos minutos finais, o Botafogo se preocupou apenas em prender a bola para gastar o tempo e garantir a vitória.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade