Futebol Internacional/Bastidores - ( - Atualizado )

Treinando com time B, Elias volta a acionar Fifa contra Sporting

Lisboa (Portugal)

Depois de diversas ameaças ao Sporting, o pai e agente de Elias, Eliseu Trindade, divulgou uma nota oficial informando ter entrado novamente com ações na Fifa e na Uefa para tentar resolver a situação do jogador. Sem conseguir se transferir para outro clube, o volante está treinando com o time B do Sporting, atualmente.

“Sempre tentamos negociar amigavelmente a volta de Elias ao Flamengo. Mas o Sporting nem aceita a proposta, nem quita a dívida que tem com ele. Fizemos o terceiro acordo em outubro de 2013 e novamente não foi cumprido. Notificamos o clube e 15 dias depois nada foi resolvido. Vamos entrar novamente com uma representação na Fifa e na Uefa, já que essa parece ser a única alternativa”, disse Eliseu.

Em outubro do ano passado, Elias e seu pai entraram com uma ação na Fifa pedindo o pagamento de vencimentos atrasados ao time de Lisboa, mas retiraram a queixa com um acordo. Sem chegar a um acerto financeiro com os portugueses, o Flamengo anunciou recentemente ter desistido da contratação do atleta. Para liberá-lo, o Sporting exigiu o mínimo de R$ 24 milhões por seu passe, valor fora de realidade para os padrões do futebol brasileiro. O volante, que esteve emprestado ao rubro-negro na última temporada, ainda recusou uma oferta de um time chinês.

“O fundo de investimentos que pagou pela negociação do Elias havia aceitado a proposta do Flamengo. O presidente do clube, Bruno de Carvalho, já disse inúmeras vezes que não tem como pagar o salário do Elias. Achamos muito estranho que até agora nenhuma das partes tenha deixado claro os termos do contrato que há entre eles e que isso esteja impedindo a conclusão da negociação“, afirmou o agente.

Além da proposta do Flamengo, o clube português também rejeitou uma oferta do Valencia, da Espanha, segundo revelou o pai do jogador, que espera que seu filho volte a jogar imediatamente.

“Houve negativa a uma proposta do Valencia, da Espanha. Além disso, o jogador está largado treinando com o time B sem perspectivas. Se não querem negociá-lo, porque não o colocam para jogar? Ele não aguenta mais essa situação e está louco para entrar em campo. Queremos uma solução imediata e não vamos medir esforços”, prometeu o pai de Elias.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade