Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Vadão inicia trabalhos em dia de protesto da torcida da Ponte

Campinas (SP)

A mudança de técnico ainda não foi suficiente para acalmar os ânimos na Ponte Preta. Na manhã deste sábado, no primeiro dia de trabalhos de Oswaldo Alvarez, um grupo de torcedores compareceu em frente ao estádio Moisés Lucarelli e protestou contra a diretoria.

Os ponte-pretanos exibiram uma faixa com a mensagem de que “a equipe é de segunda, e a diretoria é de terceira”. O protesto aconteceu um dia depois da troca de técnicos. Vadão substituiu Sidney Moraes após a derrota por 4 a 1 da Macaca para o XV de Piracicaba.

Antes das manifestações, em sua chegada ao clube, o treinador mostrou preocupação em buscar os motivos para a má fase na temporada e ficou otimista por ter assinado contrato até o fim do Paulistão de 2015.

“Conheço muito bem a Ponte, é minha quarta passagem por aqui, e é uma satisfação muito grande, até porque assinamos um compromisso mais longo que nos dará tempo para ajustar a equipe e fazer grandes competições”, afirmou.

Vadão já comandará a equipe na partida contra o Corinthians, que também teve protesto de torcedores neste sábado. Os dois times se enfrentam neste domingo, no Moisés Lucarelli, pelo Paulistão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade