Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Vasco bate o Madureira e segue no G-4 do Campeonato Carioca

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco se recuperou no Campeonato Carioca ao vencer por 3 a 1 o Madureira, nesta quarta-feira, em Conselheiro Galvão. Após a derrota no fim de semana, os cruzmaltinos conquistaram os três pontos e chegaram a 21 na competição, permanecendo no grupo de classificação para as semifinais. Já o Madureira, segue com 13 e fica distante do sonho de entrar no G-4.

O primeiro tempo foi marcado pelos muitos erros de passes das duas equipes, principalmente do Vasco, No entanto, os cruzmaltinos foram para o intervalo a frente no placar após gol de Rafael Vaz. Na etapa final, o jogo ficou movimentado e os vascaínos decretaram a vitória com gols de Edmílson e Douglas. Carlinhos descontou para o Madureira.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente o Resende, em São Januário, na quarta-feira. No mesmo dia, o Madureira vai até a Baixada Fluminense para enfrentar o Nova Iguaçu.

O jogo - O Vasco começou a partida buscando impor o domínio da posse de bola. No entanto, os cruzmaltinos pecavam nos erros de passe e pouco era efetivos no ataque. O Madureira só chegava próximo do gol em jogadas de bola parada e criaram a primeira boa chance do duelo aos 15 minutos. Após cobrança de falta na área, Aislan apareceu e cabeceou para grande defesa de Martín Silva.

Os vascaínos tinham muita dificuldade no ataque e teve seu primeiro bom momento somente aos 27 minutos. Diego Renan aproveitou rebote e arriscou de longe, mas viu Rodrigo Café fazer boa defesa. Depois disso, o Vasco melhorou e passou a pressionar o Madureira. Aos 34 minutos, Thalles recebeu na área e chutou cruzado para grande defesa de Rodrigo Café.

Na parte final, os cruzmaltinos seguiram melhores em campo e foram premiados aos 43 minutos. O zagueiro Rafael Vaz apareceu no ataque e chutou de fora da área, acertando o canto esquerdo para abrir o placar em Conselheiro Galvão. Assim, o Vasco foi para o intervalo com a vantagem no placar.

No segundo tempo, o Vasco veio com mais vontade e ampliou o placar logo aos seis minutos. Reginaldo lançou Edmílson na área e o atacante finalizou sem chance para Rodrigo Café.

Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama
Edmílson marcou um dos gols do Vasco na vitória do cruzmaltino por 3 a 1 sobre o Madureira

Depois do novo revés, o Madureira acordou e aproveitou que os vascaínos diminuíram o ritmo para buscar o ataque. Os donos da casa conseguiram chegar ao gol aos 16 minutos. Fernandinho foi derrubado pro Aranda e o árbitro marcou pênalti. Carlinhos cobrou com categoria, sem chance para Martín Silva.

Coma partida novamente indefinida, o Vasco passou a buscar o ataque com mais ênfase, mas sem deixar muito espaço para os contra-ataques. O Madureira se animou com o gol e seguia atrás do empate, mas agora sem levar tanto perigo para Martín Silva. Somente aos 28 minutos, os donos da casa tiveram a chance de marcar, com Rodrigo Lindoso, de cabeça, que parou em grande defesa do goleiro cruzmaltino.

Só que a resposta vascaína veio em grande estilo, aos 25 minutos. Diego Renan sofreu pênalti de Romário. Douglas cobrou com categoria para fazer seu primeiro gol com a camisa do clube.

Nos minutos finais, o Vasco apenas administrou o resultado. O Madureira ainda tentou marcar mais um gol, mas não teve força para buscar uma reação em casa. Assim, os cruzmaltinos respiraram aliviado na briga por um lugar nas semifinais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade