Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Zé Roberto e Rhodolfo destacam postura do Grêmio no Parque Central

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Os jogadores do Grêmio comemoraram muito a vitória sobre o Nacional-URU, por 1 a 0, no Parque Central. O resultado foi considerado importantíssimo pelo Tricolor Gaúcho, dado o equilíbrio do grupo, que conta ainda com os fortes Newell’s Old Boys e Atlético Nacional. A postura da equipe gaúcha, que propôs o jogo até marcar o seu gol e depois administrou o resultado com posse de bola, foi destacada pelos atletas ao fim da partida.

“Temos que parabenizar a equipe pela postura. Viemos jogar fora de casa diante de uma equipe de muita tradição na Libertadores. Sair com os três pontos é muito importante para o início de campanha”, destacou o meia Zé Roberto. “O mais importante foi mostrar a cara do Grêmio, que era uma equipe que muitos diziam que só iria participar da competição. Conseguimos uma grande vitória, num grande jogo. A sensação é de dever cumprido”, completou o 10 gremista.

O zagueiro Rhodolfo, um dos melhores em campo, também ressaltou a atitude da equipe gaúcha em Montevidéu: “é muito difícil jogar aqui, vim em 2006 com o Atlético-PR e já havia notado isso. Mas o nosso time teve postura, tranquilidade. No final teve pressão, eles vieram para o tudo ou nada, Libertadores é assim. O nosso time é qualificado e experiente, conseguimos segurar a equipe deles”, destacou.

Com 3 pontos, o Grêmio agora tem dois jogos em casa no chamado “grupo da morte”. Dia 25, o adversário será o Atlético Nacional, rival gremista na decisão do último continental do clube, em 1995. No dia 13 de março, será a vez do Newell’s Old Boys conhecer a Arena.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade