Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Santista é espancado até a morte por são-paulinos após clássico no Morumbi

São Paulo (SP)

Um torcedor do Santos morreu na madrugada desta segunda-feira, após ter sido espancado por torcedores do São Paulo, logo depois do clássico que terminou com placar de 0 a 0, no Morumbi. De acordo com informações da Rádio CBN, Márcio Barreto de Toledo, 34 anos, foi atacado no início da noite de domingo na região da Radial Leste. Ele deixava a sede da Torcida Jovem, do Santos, quando acabou surpreendido pelos suspeitos, que estavam em dois carros.

Segundo testemunhas, Toledo vestia a camisa da torcida organizada do Peixe quando foi abordado em um ponto de ônibus na estação Penha do Metrô. Torcedores do São Paulo teriam o ferido com chutes, socos e pauladas, e depois fugido. Desacordado, ele foi encaminhado para o pronto-socorro do Tatuapé, onde morreu horas depois.

O caso foi registrado no 10º Distrito Policial, da Penha e será investigado pelos policiais civis do 21º Distrito, da Vila Matilde, área do fato. Os agressores ainda não foram identificados.

Márcio fazia parte da organizada santista e integrava o grupo que foi ao clássico do último domingo, diante do São Paulo, no Estádio do Morumbi.

Jovem de 15 anos também é espancado

Também depois da partida diante do São Paulo, outro torcedor santista foi agredido por tricolores na estação Penha do Metrô. Um jovem de 15 anos, também integrante da maior organizada do clube alviengro, foi vítima de emboscada e acabou espancado por 15 torcedores do São Paulo.

De acordo com informações publicadas nas redes sociais da Torcida Jovem, o garoto era portador de necessidades especiais, não conseguiu fugir, e foi atingido por barras de ferro. Ele foi levado ao hospital em estado grave, e, apesar de algumas especulações, ainda não teve a morte confirmada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade