Futebol/Futebol Internacional - ( )

Estilo de jogo do Bayern desagrada Beckenbauer: "Não dá para assistir"

Munique (Alemanha)

Quem vê o Bayern de Munique em campo arregala os olhos com a supremacia bávara em boa parte de seus jogos, com domínio do meio-campo e construção estudada de cada ação ofensiva. O estilo adotado para este desempenho, porém, desagrada o ídolo Franz Beckenbauer, que critica a excessiva manutenção da posse de bola.

“Provavelmente algum dia terminaremos jogando como o Barcelona e não se poderá assistir. Ninguém vai querer nos ver, pois quando estão na linha do gol, os jogadores tocam outra vez a bola para trás”, criticou o ex-jogador em entrevista à Sky Sports.

AFP
Craque cobra ataque mais agudo e vê estilo de jogo do atual Bayern de Munique com desconfiança
A insatisfação do craque alemão tem muito a ver com a chegada do técnico Pep Guardiola. Apesar dos ótimos resultados alcançados no último ano, Jupp Heynckes deu lugar ao espanhol no comando técnico Bayern de Munique. Com isso, Pep reformulou o campeão alemão e europeu e, por meio da cadência no meio-campo e extremo cuidado nas ações ofensivas para não dar o contra-ataque ao adversário, deu nova cara à equipe bávara.

Além da liderança isolada do Campeonato Alemão, a estratégia ainda rendeu os títulos da Supercopa Europeia e do Mundial de Clubes, mas nem os bons resultados convencem Beckenbauer. “Se tenho a chance de chutar de fora da área, ainda mais diante de uma defesa fechada, eu o faço. É a forma mais eficaz, embora os jogadores tenham seus direitos plenos”, argumentou o ex-jogador, que fez história durante as décadas de 60 e 70, sendo tricampeão europeu e tetracampeão alemão, mas alcançou o ápice na campanha vitoriosa na Copa do Mundo de 1974, pela Alemanha Ocidental.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade