Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Acordo com rival faz Timão lamentar ausência de Jadson em clássico

São Paulo (SP)

Jadson foi contratado em definitivo pelo Corinthians, mas a negociação com o São Paulo, que rendeu o empréstimo de Alexandre Pato ao time do Morumbi, não vai permitir com que o meia jogue o clássico entre as duas equipes, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), no Estádio do Pacaembu. Em ótima fase com a camisa alvinegra, o camisa 10 lamentou sua ausência no confronto.

“Isso foi um acordo entre os clubes, mas fico triste de não poder atuar justamente agora, que eu tenho uma sequência boa de jogos. Minha vontade era jogar, mas paciência. Vou torcer pelos meus companheiros, pois a equipe cresceu muito de produção e tem totais condições de derrotar o São Paulo”, explicou Jadson, chateado por não conseguir encarar o seu ex-clube.

Nesta quarta-feira, o jogador foi novamente fundamental para que o Corinthians conquistasse a quarta vitória consecutiva no Campeonato Paulista. O camisa 10 marcou os dois primeiros gols e ainda deu uma bela assistência ao atacante Luciano na goleada por 4 a 0 sobre o Linense. A boa atuação fez com que Mano Menezes lamentasse o desfalque para enfrentar o rival.

O treinador corintiano, apesar de destacar a importância que o meia teve para o crescimento do time do Parque São Jorge nas últimas rodadas, preferiu ter uma visão positiva, alegando que o desfalque é para apenas um jogo. Mano Menezes também aproveitou o episódio para dar confiança aos demais jogadores, elogiando a força do elenco alvinegro.

“Eu prefiro não contar com ele somente no clássico e contar com ele nos outros jogos, porque, desde que chegou, a equipe cresceu, e certamente isso tem relação com a sua produção, já que o time não tinha ninguém com as suas características. Mas eu confio muito em nosso grupo, tenho certeza que vamos encontrar a solução para encara o São Paulo”, projetou Mano Menezes.

Já com relação ao acordo feito entre os dois clubes na negociação de Jadson, o comandante preferiu evitar qualquer polêmica. Ciente da multa que o Corinthians teria que pagar caso colocasse o seu jogador em campo neste domingo, Mano Menezes preferiu apenas aceitar a situação. “O que é acordado tem que ser cumprido. Se você estabelece uma multa, quem descumpre tem que pagar”.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade