Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

"Agora vamos correr atrás do prejuízo", lamenta Antônio Carlos

São Paulo (SP)

Ao dizer, na véspera do duelo com o Penapolense, que a responsabilidade maior pela vitória seria do seu time, o são-paulino Antônio Carlos não imaginava que, na quarta-feira, estaria sendo entrevistado para comentar a eliminação precoce nas quartas de final do Campeonato Paulista, em pleno Morumbi.

Ao contrário do que ele previa, o São Paulo não se impôs, mesmo jogando como mandante, empatou por 0 a 0 no tempo regulamentar e caiu na disputa de pênaltis.

"O time não jogou daquele jeito que estava jogando", tentou justificar o beque e um dos líderes do elenco. "Agora, temos que pensar na Copa do Brasil. Temos outros objetivos no ano. Não conseguimos esse primeiro objetivo. Agora, vamos ter que correr atrás do prejuízo".

"É uma tristeza, porque a gente fez até um bom início de campeonato. Eles (jogadores do Penapolense) vieram com uma proposta com que muitos times vieram. Nos 90 minutos, não teve nada de anormal. Infelizmente, em pênalti, acontece", acrescentou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Quem fez a festa no Morumbi depois das cobranças de pênalti foram os classificados jogadores do Penapolense
Além da Copa do Brasil, o time de Antônio Carlos terá somente o Campeonato Brasileiro a disputar. Ou ainda a Copa Sul-americana, desde que caia no torneio mata-mata nacional, pelo qual tem compromisso em 9 de abril, frente ao CSA, pela partida de volta da primeira fase. No jogo de ida, em Maceió, o São Paulo venceu por 1 a 0.

"Vamos ter que nos fortalecer ainda mais, porque, quando acontece uma eliminação dessa, a gente é cobrado por isso", prevê o defensor, que, assim como o restante do elenco, retorna aos trabalhos na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade