Futebol/Campeonato Francês - ( - Atualizado )

Alex desconversa sobre Mundial e vê Seleção Brasileira muito forte

Paris (França)

Um dos destaques do PSG, o zagueiro Alex ainda sonha em jogar a Copa do Mundo no Brasil, mas evita falar sobre suas esperanças. Em entrevista ao jornal sueco Expressen, o ex-santista comentou sobre a Seleção Brasileira e até aconselhou alguns turistas que irão conhecer o País.

“Vamos ver, não sei de nada. Mas não tenho muitos jogos pelo Brasil”, admitiu o defensor, que vê o time do técnico Felipão bem preparado. “Podemos ganhar. É claro que será um grande desafio, já que somos os anfitriões. Precisamos de vitórias e de um pouco de sorte”, receitou.

AFP
Alex não se mostrou muito preocupado com eventual chance na Seleção Brasileira da Copa (foto: KENZO TRIBOUILLARD)
Enquanto isto, os turistas precisam de prudência. “Eles têm que entender que o Brasil não é como a Europa, não é bom sair à noite. Você tem que ter cuidado, atenção, ainda mais em algumas áreas específicas. Mas o Brasil também é fantástico, tem muitas praias”, ponderou.

Mas o Mundial de 2014 não foi o único tema da entrevista: a boa fase de Alex no PSG é óbvia. “Agradeço por estar onde estou. Comecei a jogar futebol na rua, na praia”, lembrou-se. O jogador de 31 anos foi formado nas categorias de base do Juventus-SP, mas acabou sendo revelado pelo Santos.

Para Alex, a ascensão na carreira foi proporcionada por Deus, com quem mantém forte relação, às vezes até polêmica. Recentemente, o brasileiro se envolveu em polêmica após dizer que “Deus criou Adão e Eva, não Adão e Yves”, despertando fúria na comunidade homossexual francesa.

“Não acho que não há problema em um homem que vive com um homem e uma mulher que vive com uma mulher. Não gostamos de quem não defende o que está na Bíblia. Mas não é homofobia. Todo mundo é livre pra fazer o que quiser, todo mundo tem liberdade”, justificou-se.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade