Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Após desmaio e exames, Douglas se diz bem e "pronto para outra"

São Paulo (SP)

O lateral direito Douglas assustou companheiros de elenco e a comissão técnica do São Paulo, na manhã desta terça-feira, ao desmaiar no gramado do CT da Barra Funda. Horas depois de ser atendido pelo departamento médico, falou ao site do clube e se mostrou bem novamente.

"Foi só um susto, mas já estou pronto para outra. Estava treinando normalmente quando não me senti bem e fui atendido pelos médicos", disse. "Felizmente, isso já passou e estou melhor".

Douglas passou mal cerca de 40 minutos depois do início de uma atividade física. Ao notar que o lateral cambaleava, o volante João Schmidt rapidamente o amparou e o deitou no gramado. Enquanto alguns atletas se assustaram e o rodearam, outros pediram que os goleiros reservas, que treinavam no campo ao lado, chamassem o médico José Sanchez.

Às pressas, ele deixou o Reffis e correu até o campo. Douglas já estava deitado e sendo abanado por Sérgio Rocha, preparador físico que orientava o treinamento com o colega José Mário Campeiz, o Zé Mário. Depois de alguns minutos de atendimento, o jogador se levantou, foi acompanhado até a parte interna do CT e realizou exames.

"Foi um mal súbito, nada de grave", disse o médico, que inicialmente considerou duas hipóteses – nível baixo de glicose no sangue ou queda de pressão arterial –, porém em seguida descartou a primeira pelo fato de Douglas ter se alimentado bem pela manhã. O jogador foi poupado da partida de domingo, contra o Ituano, e tinha passado o fim de semana gripado.

Com 115 partidas disputadas desde 2012, o lateral direito é um dos atletas mais antigos do atual elenco do São Paulo. Após trabalhar ao lado dos demais atletas que não atuaram no Morumbi, ele foi liberado da segunda sessão de treinamento desta terça-feira, no período da tarde.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade