Futebol/Amistoso internacional - ( - Atualizado )

Após estreia na Espanha, Diego Costa comemora: "Estou muito feliz"

Madri (Espanha)

A estreia de Diego Costa na seleção da Espanha, durante amistoso com a Itália, nesta quarta-feira, em Madri, foi um dos assuntos mais comentados pela imprensa local. O principais jornais do País reconheceram um debute “tímido”, mas já projetaram o atacante melhor nos próximos jogos.

Depois da partida no estádio Vicente Calderón, coincidentemente a casa do Atlético de Madri, o brasileiro naturalizado espanhol fez uma breve análise da sua atuação. “Estava ansioso para estrear. Queria ter feito um gol, mas não deu, mas estou muito feliz”, disse.

AFP
Diego Costa não conseguiu marcar o sonhado gol, mas aprovou estreia na seleção espanhola (foto: DANI POZO)
E, já adaptado ao elenco nacional, Diego Costa agradeceu. “Agradeço os colegas e a torcida pelo jeito que têm me tratado. Parece que já estou jogando aqui há algum tempo, me senti em casa”, comemorou, antes de revelar muita proximidade com Sergio Ramos: “Já é um irmão para mim”.

O técnico Vicente Del Bosque, um dos principais defensores de Diego Costa na Roja, também foi exaltado por ele. “Ele me pediu que eu fosse eu mesmo, a pessoa que tenho sido no Atlético”, comentou, prometendo mais trabalho para continuar tendo a confiança do treinador.

“Agora, tenho que pensar só no Atlético, onde tenho que fazer um bom trabalho para poder voltar a jogar pela seleção. Todos sabem que sou brasileiro, mas meu desejo era de jogar com a Espanha. Pelo carinho que me deram, não vou decepcionar”, finalizou.

E se depender de Del Bosque, Diego Costa estará na Copa do Mundo no Brasil. “Estamos contentes. Ele se integrou com normalidade, trabalhou muito, como pedimos. Assim como todo mundo, fez um grande esforço, então temos que agradecer”, analisou o comandante.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade