Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Após gol da vitória, Mendieta avisa que não se contenta com reserva

William Correia São Paulo (SP)

Mendieta saiu do banco para aproveitar passe de Alan Kardec após lançamento de Valdivia e tocar no gol vazio, selando a vitória de virada por 3 a 2 sobre a Ponte Preta. Na saída do Pacaembu, o paraguaio reiterou o que tem dito neste ano: não está no Palmeiras para ficar no banco.

“Sempre falei que vim para jogar, não para ficar na reserva. Trabalho sempre forte, no dia a dia, para corresponder”, afirmou o meio-campista, que entrou no lugar do volante França no segundo tempo, pouco depois de a Macaca ter empatado o jogo.

Apesar da declaração, o camisa 8 reiterou que respeita seus concorrentes. “O Palmeiras tem jogadores de qualidade e tem mostrado isso nos últimos jogos. Queremos dar alegria à torcida palmeirense.”

Pensando coletivamente, Mendieta reforçou a importância de seu gol e da conquista dos três pontos neste sábado. Se o Santos não vencer o Rio Claro neste domingo, o Verdão só precisa empatar no dia 23, na Vila Belmiro, para ter a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista.

“O nosso objetivo é fazer a melhor campanha e estamos lutando por isso. Ganhamos de ovo e o time jogou bem”, comemorou o paraguaio, de olho na vantagem de jogar todas as partidas decisivas no Pacaembu a partir das quartas de final.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Mendieta garantiu a virada sobre a Ponte Preta e reforçou que trabalha para ter vaga entre os titulares

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade