Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Após nova derrota, Verdão inicia filosofia do "erro zero" no mata-mata

William Correia São Paulo (SP)

A fraca atuação no primeiro tempo da derrota para o Santos tirou do Palmeiras a melhor campanha da fase inicial do Campeonato Paulista, e foi o último erro que o time vai admitir no torneio. Nesta segunda-feira, o elenco se reapresenta à tarde para iniciar trabalho em busca da perfeição para o mata-mata, que começa com o jogo único das quartas de final diante do Bragantino, no Pacaembu.

“Conseguimos uma boa campanha, por mérito nosso, mas a margem de erros acabou. O que tínhamos que errar, já erramos. Agora temos que ser 100% até o fim. É levantar a cabeça e pensar na frente porque não podemos errar”, definiu Alan Kardec, inspirando as palavras de seu treinador.

“Na próxima fase, o erro tem que ser zero. É um jogo só, e a única vantagem é jogar na nossa casa. O adversário marca forte, joga na bola aérea, tem estatura, precisamos neutralizar esses pontos”, definiu Gilson Kleina.

O técnico diz que a liderança geral do Estadual foi perdida na primeira metade do clássico desse domingo, o que considerou um “detalhe”. Mas “detalhes” como esses não poderão se repetir nas próximas fases – a semifinal também será disputada em partida única.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Gilson Kleina cobra para que detalhes, como a fraca atuação do primeiro tempo na Vila, não se repitam
“O jogo contra o Bragantino é o mais importante da vida do Palmeiras neste ano. Agora é Copa do Mundo, decisão. Que todos estejam comprometidos e preparados, não podemos deixar de fazer o nosso jogo no Pacaembu. Nessa hora, tem que valer o peso da camisa, da tradição e da qualidade dos jogadores do Palmeiras”, ensinou, cobrando vitória, mas sem desespero.

“Precisamos ser copeiros para jogar dentro de casa. Temos que buscar a vitória, mas de uma forma equilibrada”, ensinou. “Vamos pedir para o torcedor comparecer porque essa energia é importante. O Pacaembu lotado nos dá muita força. Vamos voltar e reabilitar rapidamente com a vitória”, continuou Kleina.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade