Futebol/Liga dos Campeões - ( - Atualizado )

Atlético de Madri goleia o Milan e volta às quartas após 17 anos

Madri (Espanha)

O Atlético de Madri confirmou o favoritismo e não deu chances ao Milan nesta terça-feira, na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões. Diego Costa (dois), Turan e Raúl García marcaram os gols da vitória por 4 a 1 dos espanhóis sobre os italianos, que balançaram as redes com Kaká.

Os espanhóis, que já haviam vencido a partida em Milan (por 1 a 0), conquistaram a classificação para as quartas de final da principal competição europeia, o que acontecera pela última vez na temporada 1996-97, quando o atual treinador atleticano, Diego Simeone, atuava como jogador.

O confronto desta tarde marcou o encontro entre os amigos Diego (Atlético de Madri) e Robinho (Milan). Ambos começaram o jogo no banco, mas entraram na segunda etapa.

Ao Milan, restará a disputa do Campeonato Italiano. Já o Atlético de Madri, vice-líder do Campeonato Espanhol, aguardará o sorteio da fase quartas de final, ainda sem data definida pela Uefa.

AFP
Com os gols marcados nesta terça-feira, Diego Costa chegou aos sete tentos marcados na Liga dos Campeões
O jogo - A pressão do Atlético de Madri na saída de bola do Milan surtiu efeito logo aos três minutos de jogo. De Jong deu passe ruim para Essien, que, apertado, perdeu a bola. Koke recebeu da direita e cruzou com precisão para Diego Costa, que, com uma espécie de voadora, marcou, de esquerda, o primeiro gol do jogo.

Uma rara boa jogada de triangulação do Milan resultou no gol de empate, aos 27. Balotelli recebeu de costas para a meta e deu passe preciso para Poli, que foi ao fundo e cruzou na direção de Kaká. O meia brasileiro cabeceou e a bola desviou no lateral direito Juanfran antes de entrar no gol.

Novamente em jogada área, aos 36 minutos, Kaká quase virou a partida para o Milan. O camisa 22 recebeu cruzamento de Taarabt após cobrança curta de escanteio e, livre de marcação, cabeceou a bola por cima do gol, assustando os torcedores locais.

Pressionado pelo bom momento do Milan na partida, o Atlético de Madri respondeu de forma efetiva aos 40 minutos. Raúl García lançou Diego Costa, que ajeitou com o peito para Turan. O camisa 10 do time espanhol finalizou de primeira e viu a bola desviar em Rami, enganando Abbiati e entrando no ângulo esquerdo do goleiro italiano.

AFP
Após boa atuação e gol no primeiro tempo, o capitão Kaká caiu de produção na segunda etapa
Dois minutos mais tarde, Raúl García quase marcou um golaço. O volante recebeu cruzamento de Juanfran e acertou bicicleta que fez a bola passar perto da trave direita de Abbiati.

A exemplo do primeiro tempo, a etapa complementar começou movimentada. Logo aos dois minutos, Diego Costa puxou rápido contra-ataque após escanteio cobrado pelo Milan e deixou Gabi em boas condições para marcar. Da entrada da área, o capitão do Atlético de Madri finalizou com força e acertou a trave de Abbiati.

Mais criativo, o Atlético de Madri marcou o terceiro gol aos 25 minutos. Após cobrança de falta, Raúl García subiu mais que a defesa do Milan e cabeceou no canto direito de Abbiati, que não alcançou a bola.

Dois minutos depois, Kaká cruzou para Robinho, que se antecipou à saída de Courtois e, com um forte chute, acertou o travessão do goleiro belga.

A vitória virou goleada aos 39 minutos da segunda etapa. Após jogada do Atlético de Madri pela direita, Diego Costa “roubou” a bola do companheiro Sosa, entrou na área e, de perna direita, chutou rasteiro para marcar o quarto gol dos espanhóis.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade