Futebol/Copa Libertadores da América - ( - Atualizado )

Atlético-COL se recupera, vence no Uruguai e embola grupo do Grêmio

Montevidéu (Uruguai)

Considerado pela maioria como o ‘grupo da morte’ no início da Libertadores, o Grupo 6 promete ser bastante emocionante nas rodadas finais. Nesta terça-feira, o Atlético Nacional se recuperou do empate na Colômbia, no último jogo, e foi buscar uma importante vitória diante do Nacional, por 1 a 0, no Uruguai, no tradicional Parque Central, em Montevidéu.

Surpreendido na ultima rodada, quando recebeu o mesmo Nacional, e não passou de um empate em Medellín, o Atlético não quis dar chances para o time uruguaio, que soma apenas um ponto até o momento e amarga a lanterna da chave. Sendo assim, garantiu a vitória mesmo diante da fervorosa torcida local.

O único gol da partida foi marcado aos 19 minutos do segundo tempo. A jogada começou com o lateral Medina, que serviu o atacante Cardona, responsável por colocar a bola nas redes. Com o resultado, o Atlético Nacional dá um importante passo na luta pela classificação no temido ‘grupo da morte’.

A vitória deixa o time colombiano com sete pontos conquistados, dividindo a primeira colocação com o Grêmio. O time brasileiro, no entanto, tem uma partida a menos, contra o Newell’s Old Boys, que é o terceiro colocado, com quatro. Desta forma, caso os argentinos consigam a vitória diante do Tricolor Gaúcho nesta quarta-feira, as três equipes fecham a rodada com a mesma pontuação.

Longe de sonhar com uma classificação às oitavas de final da Libertadores, o Nacional tem apenas um ponto, amargando a lanterna da chave. Derrotado pelo Grêmio na estreia, foi goleado pelo Newell’s na sequência, ainda respirou com o empate na Colômbia, mas praticamente selou sua eliminação após a derrota desta terça. Ciente da situação complicada, a torcida uruguaia vaiou bastante sua equipe após o apito final.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade