Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Botafogo tenta se manter vivo no Estadual contra desesperado Audax

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Depois de ser derrotado por 2 a 0 pelo Macaé, no sábado de Carnaval, o Botafogo ficou em situação muito delicada no Campeonato Carioca. Com apenas 15 pontos conquistados, viu a distância para o G-4 aumentar consideravelmente e as chances de passar para a etapa seguinte se tornaram remotas. Apesar disso tenta se manter vivo na competição e precisará derrotar o Audax em confronto marcado para esta quinta-feira, em choque válido pela 12ª rodada.

O time visitante vive um drama ainda maior. Em seu último jogo sofreu uma virada histórica para o Bonsucesso, que ganhou por 5 a 3 após estar perdendo por 3 a 0. Para piorar ainda mais, o Audax segura a lanterna, com apenas seis pontos ganhos.

Eduardo Húngaro, técnico do Botafogo, acredita que os jogadores entrarão em campo determinados e dispostos a manter vivo o sonho da vaga nas semifinais, mesmo reconhecendo que a situação é delicada.

Divulgação/Botafogo F. R.
Treinador reconhece mau momento no Carioca, mas crê em classificação (foto: Vitor Silva/SSPress)

"O Botafogo vem sofrendo no Campeonato Carioca por conta de um planejamento que vem dando muito resultado na Copa Libertadores, onde estamos liderando o nosso grupo. Portanto, sempre soubemos que a situação no estadual poderia ser delicada, embora esperasse uma realidade melhor. Porém, ainda temos chances de nos classificarmos e precisamos trabalhar para este jogo contra o Audax como mais uma partida em que vencer é fundamental", disse Húngaro.

Os jogadores compartilham da opinião do treinador e garantem que vaõ buscar um bom resultado contra o Audax independentemente da posição do time na tabela de classificação. "Temos que jogar como se uma vitória nos colocasse nas semifinais. Temos quatro partidas pela frente e precisamos fazer os doze pontos. Depois olhamos para ver se foi possível ou não conseguir a classificação para as semifinais. Temos um compromisso com o nosso torcedor, que tem nos apoiado porque entende que a prioridade neste ano é a disputa da Copa Libertadores", afirmou o zagueiro Bolívar, um dos líderes do elenco.

Eduardo Húngaro, seguindo o planejamento que vem adotando, confirmou a presença dos titulares nesta quinta-feira. O treinador, porém, não poderá contar com o goleiro Jéfferson e o meia Lodeiro, servindo à Seleção Brasileira e ao Uruguai, respectivamente, em amistosos internacionais. Assim, Helton Leite será o goleiro e os jovens Daniel e Gegê disputam a vaga no meio-de-campo. No domingo, no clássico contra o Flamengo, os reservas serão escalados.

Pelo lado do Audax, o técnico Júnior Lopes tenta manter o time esperançoso em termos de permanência na elite do futebol estadual. "Acredito que estamos em uma briga ainda aberta e precisamos ganhar do Botafogo para nos recolocarmos em boas condições de termos uma melhor sorte na reta final do Campeonato Carioca", disse Júnior Lopes.

Para este jogo Júnior Lopes, sem muitas opções, vai manter a base que vinha atuando. Para piorar ainda mais, o Audax não terá o meia Luquinha, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Kláuber será o substituto.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X AUDAX

Local: Moça Bonita, no Rio de Janeiro-RJ
Data: 6 de março de 2014 (Quinta-feira)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Wagner Magalhães (RJ)
Assistentes: Diogo Carvalho Silva (RJ) e Alessandra Amorim (RJ)

BOTAFOGO: Helton Leite, Edilson, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Daniel (Gegê) e Jorge Wagner; Wallyson e El Tanque Ferreyra
Técnico: Eduardo Húngaro

AUDAX: Paulo Vítor, David, Leandro Camilo, Thiago Martinelli e Acácio; Arthur, Yuri, William e Kláuber; Balotelli e Matheus Vargas
Técnico: Júnior Lopes

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade