Futebol/Campeonato Paulista - ( )

Bruno Nunes reclama de arbitragem na derrota para a Ponte Preta

Campinas (SP)

A cada derrota no Campeonato Paulista, o Oeste vê as chances de escapar do rebaixamento menores. O revés por 2 a 1 para a Ponte Preta na noite deste sábado deixou o Rubrão em posição ainda mais delicada no estadual, mas a equipe não teve má atuação. A tentativa de empatar durante grande parte do segundo tempo, porém, foi minada pela má atuação do árbitro Marcelo Alfieri, que virou alvo de críticas do meio-campista Bruno Nunes.

“Os dois lados reclamaram, para você ver como foi. Ele deu algumas faltas ali que não existem”, queixou-se o atacante. “Quando vai falar com ele, ele diz que não é para conversar. Ele deu muitas faltas ali que não era para ter marcado”, reclama.

Além das faltas para as quais Bruno Nunes chamou atenção, a partida ficou marcada por várias lambanças do árbitro. O pênalti marcado a favor da Ponte Preta foi polêmico, não podendo ser considerado como erro, mas nos primeiros minutos do segundo tempo toda a equipe rubro-negra reclamou quando Marcelo Alfieri desmarcou um pênalti.

Em primeiro momento, logo após a bola bater no braço de um zagueiro da Macaca, a penalidade foi marcada, mas em conversa com o auxiliar posicionado atrás do gol, o árbitro optou por voltar atrás na decisão. Além disso, ele ainda expulsou Mauro Viana por acúmulo de cartões amarelos, sendo que o zagueiro só recebeu um durante o jogo, e teve que anular o cartão vermelho.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade