Futebol/Campeonato Espanhol - ( - Atualizado )

Com Neymar apagado, Barça goleia Almería e volta a pressionar Real

Barcelona (Espanha)

Com Neymar apagado, o Barcelona jogou só o necessário para vencer o Almería por 4 a 1, na tarde deste domingo, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol. Com o triunfo, o time catalão, beneficiado pelo empate entre Real Madrid e Atlético de Madri, aproximou-se da liderança da competição.

Agora, só um ponto separa merengues de culés, que se recuperaram da derrota para a Real Sociedad, na última rodada, e voltaram para a vice-liderança. Com 63 pontos, o Barça voltará a campo no próximo sábado, quando visitará o Real Valladolid, pela 27ª rodada.

AFP
Com golaço de falta, Messi se aproximou de marca histórica (foto: JOSEP LAGO)
Enquanto isto, o Almería, que luta para permanecer na primeira divisão, estacionou na 16ª colocação e nos 26 tentos, três a mais do que o Rayo Vallecano, que abre a zona de rebaixamento. A equipe da Andaluzia receberá o Sevilla no dia 10.

O jogo: sabendo do empate no clássico da capital espanhola, o Barcelona entrou em campo determinado a somar mais três pontos. E, desde o primeiro minuto, os comandados do técnico “Tata” Martino impuseram o seu tradicional domínio da posse de bola.

E a já conhecida estratégia deu resultado logo aos oito minutos, quando o chileno Aléxis Sánchez se aproveitou de rebote do goleiro Estéban e só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo da rede, abrindo o placar do Camp Nou, que recebeu quase 60 mil pessoas.

Aos 23, Messi cobrou falta com perfeição e ampliou para os mandantes, aproximando-se de Paulino Alcântara como o maior goleador do clube catalão – levando em consideração jogos oficiais e amistosos. Agora, dois gols separam o camisa 10 da marca histórica.

Mas o Almería mostrou que não estava morto pouco depois. Aos 38, Trujillo aproveitou falha defensiva do Barça e descontou, mais uma vez expondo a deficiência dos culés pelo alto. Valdés também teve que intervir para evitar o empate dos visitantes antes do intervalo.

AFP
Neymar tentou, mas, muito isolado na ponta esquerda, pouco acrescentou durante goleada (foto: LLUIS GENE)
Já na etapa complementar, o Barça dominou o jogo, mas teve dificuldades para definir o marcador. Enquanto isto, o Almería tentou contra-atacar com a técnica de Aleix e a velocidade de Zongo, mas não teve sucesso. E o golpe final veio aos 38.

Após cruzamento da direita, Messi cabeceou e acertou o travessão de Estéban. Totalmente livre de marcação, o baixinho Puyol se jogou e conseguiu deixar o seu. Já faltando dois minutos para o apito final, Xavi acertou chute de fora da área e fechou a conta.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade