Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Mogi só empata com Paulista e segue ameaçado de rebaixamento

Itapira (SP)

Atuando em Itapira, punido por atos de racismo de sua torcida, o Mogi Mirim não conseguiu evitar o rebaixamento com antecedência. Mesmo diante do já rebaixado Paulista com um homem a menos, o Sapão ficou no empate em 4 a 4.

Com o empate, o Alvirrubro vai a 14 pontos, três a mais que Comercial, Atlético Sorocaba e Oeste, rivais diretos contra o rebaixamento, que ainda podem alcançar o time de Rivaldo na última rodada. O Mogi tenta se garantir na Série A1 diante da Ponte Preta, fora de casa.

O Paulista, que buscava seu primeiro triunfo, chegou ao seu terceiro empate. Já rebaixada, a equipe encerra sua participação em casa, contra o Bragantino.

O jogo - O duelo começou bastante equilibrado e um lance infeliz do goleiro Reynaldo do Mogi Mirim foi o responsável por catalisar uma série de eventos na partida.

Aos 16 minutos, o lateral Felipe arriscou de longe, não pegou muito bem na bola, mas o goleiro Reynaldo, no meio do gol, deixou a bola passar.

Nem deu tempo dos jundiaienses comemorarem seu tento. No minuto seguinte, Fernando Baiano invadiu a área e bateu forte. Ian rebateu e Serginho empurrou para as redes, deixando tudo igual.

Aos 32, o Paulista voltou a ficar na frente. Após bola rebatida na entrada da área, Gabriel Leite emendou de primeira e acertou o canto de Reynaldo, que desta vez não pôde fazer nada para evitar o desempate.

Três minutos depois, porém, a equipe tricolor sofreu um duro golpe. Biel, que já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo por simulação e deixou os visitantes com um a menos.

No primeiro tempo, o Mogi não conseguiu aproveitar a vantagem numérica. E o segundo tempo também não começou da melhor maneira para o time da casa.

Logo aos dois minutos, Erik fez boa jogada pela direita, deixou a marcação para trás e rolou para o meio. Elton mandou para as redes e aumentou a vantagem do Paulista.

Aos 11 minutos, o Mogi Mirim iniciou sua reação. Edson Ratinho aproveitou rebote de chute de Serginho e estufou as redes do Paulista, fazendo 3 a 2.

O empate saiu quatro minutos depois em mais uma jogada que teve início com Serginho. Ele recuperou a bola na entrada da área e assistiu Magrão, que havia entrado há quatro minutos. O substituto empatou para o Mogi.

Aos 17 minutos, porém, os anfitriões levaram um banho de água fria. Tutinha cobrou escanteio e Ytalo desviou de cabeça na primeira trave, colocando o Paulista na frente pela terceira vez no jogo.

Mas o Mogi foi valente. Aos 21 minutos, Magrão, de novo ele, recebeu na meia lua, girou e bateu no canto para empatar o jogo mais uma vez.

Mesmo com os visitantes com 10 em campo, o duelo ficou aberto e as chances do quinto gol foram desperdiçadas pelas duas equipes, que saíram decepcionadas com o resultado por motivos diferentes.

O Paulista, já rebaixado, segue sem vencer no Paulista e tem apenas mais uma chance, diante do Bragantino. O Mogi Mirim prolonga por mais uma rodada sua luta contra o rebaixamento.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade