Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Verdão encara Bragantino em "primeira Copa do Mundo" do centenário

William Correia São Paulo (SP)

Após mais de dois meses desde o início da temporada, o Palmeiras encara às 21 horas (de Brasília) desta quinta-feira, no Pacaembu, a sua primeira decisão no ano do centenário. O time enfrenta o Bragantino em jogo único válido pelas quartas de final do Campeonato Paulista e Gilson Kleina já impôs no elenco o pensamento de que a partida vale tanto quanto um Mundial.

“É fase de Copa do Mundo”, definiu o técnico, ressaltando o aspecto decisivo do duelo. O treinador até citou que a elogiada Seleção Brasileira de 1982 perdeu o título naquele ano devido a três falhas diante da Itália. O mesmo não pode acontecer com o Verdão, ainda mais como mandante.

“O torcedor tem que apoiar. Não podemos tirar o nosso ímpeto nem deixar de fazer o que fizemos na primeira fase. Temos que acreditar na experiência e no talento do grupo”, apostou Kleina, orgulhoso de ostentar a segunda melhor campanha do torneio até agora.

Para o confronto, contudo, o técnico deve fazer mudanças. O Palmeiras terá como desfalques só o zagueiro Thiago Martins, o lateral direito Bruno Oliveira e o volante França, todos sem condições físicas. Mas voltam o goleiro Fernando Prass, o lateral direito Wendel e o volante Wesley, todos ausentes na derrota para o Santos, no domingo.

Entre as novidades, é provável que Eguren seja sacado para Marcelo Oliveira atuar como volante ao lado de Wesley e Tiago Alves ser o parceiro de Lúcio na zaga. Na frente, Patrick Vieira deve substituir Bruno César, dono de fraca atuação no clássico na Vila Belmiro.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Valdivia tem a missão de ajudar o Palmeiras a seguir na busca do primeiro título que disputa na temporada
Independentemente dos escolhidos, a obrigação é de empenho em vez de confiança no favoritismo. “Futebol se faz no dia e nos 90 minutos. Sabemos da nossa responsabilidade. Quantos favoritos não trazem resultado? Se não ralar e não brigar lá dentro, meu irmão, as coisas não acontecem só por ser o Palmeiras”, ensinou Kleina.

“Tem o frio na barriga porque chegou o momento decisivo que queríamos. Todos se preparam para esse momento e precisaremos ser muito competentes. Se não tiver convencimento, tem que dar na raça e na vontade. Em jogo decisivo não é necessário sempre o nosso melhor jogo. Se tiver que jogar por uma bola, vamos jogar”, avisou.

Do outro lado, Marcelo Veiga já mostrou a força do Bragantino vencendo o São Paulo, em Bragança Paulista, e o Corinthians, no Pacaembu. A aposta do técnico segue na marcação, inclusive deve separar Francesco para acompanhar Valdivia e ordena a meias e atacantes que se tornem volantes quando o time perder a bola.

Na frente, a confiança está nos contra-ataques e nas jogadas de bola parada. “O Palmeiras é um time forte, com bons jogadores e vai lutar pela vaga. Mas também estamos focados e iremos, a qualquer custo, seguir rumo à semifinal”, disse Veiga, que tem o respeito de seu adversário.

“O Bragantino já ganhou dos grandes, não classificou por acaso. De repente, o jogo deles facilita contra os grandes porque a responsabilidade está só de um lado, jogam por uma bola”, analisou Gilson Kleina, que até realizou um treino secreto para se adaptar às armas do rival de um jogo único.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X BRAGANTINO

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 27 de março de 2014, quinta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Daniel Paulo Ziolli (ambos de SP)
Assistentes adicionais: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza e Norberto Luciano Santos da Silveira (ambos de SP)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Wendel, Lúcio, Tiago Alves (Eguren) e Juninho; Marcelo Oliveira, Wesley e Valdivia; Patrick Vieira (Bruno César), Leandro e Alan Kardec
Técnico: Gilson Kleina

BRAGANTINO: Rafael Defendi; Yago, Guilherme Mattis e Alexandre; Robertinho, Francesco, Gustavo e Matheus; Magno Cruz, Léo Jaime e Tássio
Técnico: Marcelo Veiga

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade