Futebol/Campeonato Paranaense - ( - Atualizado )

Coxa segue indefinido, mas Dado não deve ter novidades para escalar

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

O Coritiba está indefinido para encarar o Rio Branco, na primeira partida das quartas de final do Campeonato Paranaense, domingo, no Gigante do Itiberê. Além de ter um grupo cansado após o duelo diante do Cene-MS, pela Copa do Brasil, o técnico Dado Cavalcanti espera por boas notícias do departamento médico que, no entanto, não devem vir.

O lateral-direito Moacir, com dores no quadril, e o atacante Zé Love, que fez um trabalho de fortalecimento muscular, são ausências quase certas. Isso porque ainda precisam de um pouco mais de tempo para estarem 100% fisicamente e não correrem risco de agravarem quadros já em processo de recuperação. O zagueiro Leandro Almeida, com uma contusão no músculo posterior da coxa, segue vetado.

Já o atacante Geraldo, com uma lesão de grau 2, tem pequenas chances de aparecer como opção, ma depende de uma reavaliação. O meia Alex, que chegou a ser poupado na última rodada da primeira fase, deve ir normalmente para a partida, assim como Roni, que voltou a atuar no Mato Grosso do Sul e balançou as redes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade