Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Diego Silva lamenta chances desperdiçadas: “Poderíamos matar o jogo”

São Paulo (SP)

Após sair perdendo por 1 a 0 na retomada do jogo contra a Portuguesa, o Bragantino voltou ao Canindé, nesta quarta-feira, apresentando melhor desempenho e passou perto de obter virada no placar em alguns momentos. Robertinho, aos 15 minutos, empatou, mas não foi suficiente para evitar derrota por 3 a 1. Insatisfeito com o resultado, o volante Diego Silva lamentou as chances desperdiças pela equipe do interior paulista no início do segundo tempo.

“Estávamos melhores e até tivemos oportunidades de matar o jogo. Depois que a Portuguesa marcou o segundo gol, ficamos um pouco abalados e sofremos o terceiro um pouco mais tarde”, afirmou o meio-campista, lembrando os gols de Wanderson, aos 39 minutos, e Caio, aos 44 minutos.

Antes de balançar as redes com Robertinho, o Bragantino passou perto de igualar o marcador em duas cobranças de falta do volante Geandro. Entretanto, a melhor oportunidade surgiu dos pés de Cássio. Logo aos dois minutos, o centroavante ficou responsável por cobrança de pênalti e arrematou do lado direito, mas o goleiro Gledson acertou o canto e espalmou.

Apesar do revés, a equipe comandada pelo treinador Marcelo Veiga segue na disputa por vaga nas quartas de final da competição estadual. Com 19 pontos, o clube alvinegro é vice-líder do Grupo D, e tem o Rio Claro, também com 19 pontos, como principal adversário. O Palmeiras, com 32 pontos, já assegurou a primeira colocação desta chave.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade