Futebol - ( )

Eliminado, São Paulo vai preencher dias livres com jogos-treino

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Não estava nos planos da comissão técnica do São Paulo cair para o Penapolense, nas quartas de final do Campeonato Paulista. Mas, assim sendo, Muricy Ramalho já tem na cabeça o que fazer para preencher as quase duas semanas livres de compromissos até o próximo jogo da equipe.

Sua ideia é convidar equipes menores para jogos-treino no CT da Barra Funda, como forma de se preparar melhor no dia a dia, antes do duelo de 9 de abril, contra o CSA, pela partida de volta da primeira fase da Copa do Brasil - no jogo de ida, o São Paulo venceu por 1 a 0, em Maceió.

"Se tivermos condições de trazer um time - a maioria está em competição -, vamos trazer, porque é importante. A gente treina com a base, com os meninos, mas contra adversários põe um pouco mais de dificuldade. Com certeza, a gente vai fazer", disse o treinador, após o tropeço no Morumbi.

Um tropeço inesperado, que se construiu com empate sem gol no tempo regulamentar e uma derrota por 5 a 4 nos pênaltis. O único a errar a cobrança foi o volante Rodrigo Caio, que bateu no canto direito e viu o goleiro Samuel espalmar a bola. O Penapolense, mesmo pressionado pela torcida, converteu todas as suas tentativas no Morumbi e avançou de fase.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Treinador são-paulino vai convidar adversários menores para testar sua equipe no período sem partidas oficiais
Eliminado, o elenco são-paulino retorna aos trabalhos na tarde desta quinta-feira, no CT da Barra Funda. Os titulares devem se limitar a um trabalho regenerativo. Já o grupo de suplentes, enquanto a diretoria começa a pensar em futuros adversários, enfrentará alguma categorias inferior do clube.

"É um intercâmbio importante para a gente", falou Muricy Ramalho, que neste ano promoveu dois jogadores das divisões de base (o meia Boschilia e o atacante Ewandro), mas quer reforços tarimbados para não repetir no Brasileiro a experiência negativa da competição estadual e também o sofrimento de 2013 para escapar da segunda divisão nacional.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade