Futebol/Campeonato Baiano - ( )

Em alta, Branquinho credita sucesso ao filho: “Ele me dá sorte”

Salvador (BA)

Autor de um gol aos dez segundos de jogo no último domingo, Branquinho, do Bahia, afirmou que o segredo do sucesso é o pequeno Arthur, de apenas dois anos, seu filho mais velho, que entrou em seus braços na Arena Fonte Nova e foi o ‘amuleto’ na vitória por 2 a 1 diante da Jacuipense, pela sexta rodada do Campeonato Baiano.

A escolha do técnico do Esquadrão, Marquinhos Santos, não poderia ter sido mais acertada. O atleta iniciou o jogo como titular, graças à suspensão do atacante Rhayner e teve uma atuação muito elogiada.

Feliz pelo bom retorno ao time e pela vitória conquistada, Branquinho revelou que o garotinho já havia lhe dado sorte em outras oportunidades. “Ele entrou comigo no Japão e, nesse jogo, também fiz um gol. De novo, me trouxe bons fluídos. Vou pedir à minha esposa que venha sempre com o Arthur”, disse o jogador ao Correio da Bahia, de Salvador.

Além do loirinho de dois anos, Branquinho é pai de Nicolas, de apenas três meses, que também esteve nas tribunas da Fonte Nova no último fim de semana.

O Bahia lidera o Grupo 3 do Estadual e volta a campo no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no estádio Lomato Júnior, para encarar o Vitória da Conquista.

Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação
Branquinho carrega Arthur, 'responsável' pela vitória do Bahia no último domingo na Arena Fonte Nova, em Salvador

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade