Futebol/Campeonato Catarinense - ( - Atualizado )

Eutrópio defende esforço da equipe em derrota e projeta volta ao G2

Florianopolis (SC)

Para o técnico Vinícius Eutrópio, a derrota do Figueirense para o Joinville por 2 a 1 pelo Catarinense no último domingo teve pontos positivos a serem destacados. Segundo ele, não faltou esforço de seus atletas, que lutaram até o fim, mesmo com um jogador a menos durante a maior parte da partida, e uma vitória na próxima rodada pode trazer a equipe de volta à zona de classificação para a final.

“Jogamos basicamente com oito atletas na linha depois de uma sequência muito grande de uma partida a cada três dias. Obviamente, fora o resultado, eu tiro pontos muito positivos pela entrega dos jogadores e por tudo que eles fizeram durante essa sequência. A gente tem que buscar agora a vitória em casa, tem o próximo confronto entre Joinville e Criciúma, no qual um vai tirar ponto do outro e, com uma vitória, a gente volta para a zona de classificação”, disse.

Eutrópio também destacou que a confusão que culminou na expulsão de um jogador de cada equipe foi um divisor de águas na partida. Aos 30 minutos, Marquinhos recebeu o vermelho e o mesmo aconteceu com Ricardo Bueno no fim do primeiro tempo. Durante 19 minutos, quando outro jogador do Joinville foi expulso, o Figueirense jogou com um a menos.

“Temos que dividir o jogo até aquele momento de confusão. Sofremos o gol por desatenção. Falta a nosso favor, batemos a bola longa e inesperadamente o jogador saiu sozinho, o que não costuma acontecer na equipe. Mas, independente disso, não estava tão preocupado porque o time estava jogando pelos dois lados, com muitas oportunidades. A tendência seria empatar o jogo. A partir da confusão, o time se desfigurou. Tiveram que usar o coração e muita força, mas estavam cansados”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade