Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Ex-Milan, Massimiliano Allegri pode assumir a Grécia após a Copa

Milão (Itália)

Demitido e substituído por Clarence Seedorf no comando técnico do Milan no início do ano, o treinador Massimiliano Allegri está próximo de ser novamente empregado. De acordo com informações divulgadas pelo canal de TV italiano Sky Sport, o ex-comandante rossonero negocia para assumir a seleção grega após a Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

O português Fernando Santos, atual comandante da equipe helênica, teria decidido abandonar o cargo depois da disputa do Mundial, e feito a Federação Grega de Futebol (HFF) se mexer. De acordo com a emissora italiana, Allegri é o favorito dos dirigentes gregos, que já teriam, inclusive, feito um convite para o italiano assumir a seleção nacional.

Ainda segundo a Sky Sport, o treinador teria se empolgado com a possibilidade de treinar um seleção, e marcado uma viagem a Atenas, onde se reunirá com a alta cúpula da HFF para conhecer a proposta. A intenção dele, entretanto, já seria a de iniciar as negociações e deixar o acordo firmado, para ser concretizado somente depois da Copa do Mundo.

AFP
Demitido do Milan em janeiro, o italiano Massimiliano Allegri deve ser o substituto do português Fernando Santos

Allegri está desempregado desde que foi demitido do comando técnico do Milan, em janeiro deste ano. Ele assumiu a equipe italiana em 2010, após fazer uma surpreendente temporada com o modesto Cagliari, e conquistou o título do Calcio logo em seu primeiro ano. De lá para cá, entretanto, não manteve o bom nível e passou a ter problemas de relacionamento com Barbara Berlusconi, filha do dono do clube, Silvio.

Assim, acabou demitido em janeiro de 2014, antes do fim de seu contrato, em julho. O Milan teve um dos piores inícios de Campeonato Italiano de sua história e sofreu para se classificar às oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Como Clarence Seedorf, favorito da família Berlusconi para treinar o time, ainda não havia iniciado a pré-temporada com o Botafogo, a diretoria aproveitou o momento para anunciar a troca no comando técnico da equipe de San Siro.

Assim como Milan, a seleção grega, embora tenha se classificado à sua segunda Copa do Mundo consecutiva, também vive momento delicado. Não vence há dois jogos e vem de derrota, dentro de casa, para a Coreia do Sul, em amistoso que confrontou duas equipes que disputarão o Mundial. A seleção helênica está no Grupo C do torneio a ser realizado em solo brasileiro, junto de Japão, Costa do Marfim e Colômbia, e estreia contra os sul-americanos, dia 14 de junho, no Mineirão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade