Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Federação Alagoana proíbe organizadas do São Paulo no Rei Pelé

Maceió (AL)

A Federação Alagoana de Futebol anunciou que não permitirá as entradas das torcidas organizadas do São Paulo na partida contra o CSA, na noite de quarta-feira, no estádio Rei Pelé, pela Copa do Brasil. A decisão foi tomada depois de uma reunião da FAF na segunda-feira.

De acordo com comunicado da entidade máxima do futebol alagoano, uma das uniformizadas do CSA também está proibida de assistir ao jogo nas arquibancadas. A nota justifica a decisão em relação às são-paulinas como resultado de problemas anteriores dos grupos.

“A Federação Alagoana de Futebol, através da Resolução de nº 006/15, proíbe todas as torcidas Organizadas do São Paulo, Dragões da Real e Independente, de terem acesso ao estádio Rei Pelé na partida contra o CSA no dia 12 de março, às 22, pela Copa do Brasil. O motivo é por conta dos históricos de confronto da torcida paulista em confusões com outras facções no Estado de São Paulo”, informou a resolução, assinada pelo presidente José Eurico Beltrão Coelho da Paz.

Divulgação/São Paulo FC
Proibida de ir ao estádio, a principal organizada do Tricolor estendeu uma faixa no aeroporto
A torcida Mancha Azul, do CSA, também foi incluída na proibição, mas a Sangue Azul e o Movimento Resistência Azul estão liberados. A FAF anunciou que não será permitida a utilização de faixas, bandeiras, camisas, bonés, símbolos, calções, agasalhos e toucas das uniformizadas vetadas.

A partida desta quarta-feira marcará a estreia de Alexandre Pato com a camisa do São Paulo. Nesta terça-feira, o time do técnico Muricy Ramalho foi recebido com festa no aeroporto de Maceió, inclusive com uma enorme faixa da Independente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade