Futebol/Campeonato Carioca - ( - Atualizado )

Flamengo faz 5 a 3 na Cabofriense e times se enfrentam de novo na semi

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

Os reservas do Flamengo mostraram sua força e derrotaram por 5 a 3 a Cabofriense, neste domingo, no Maracanã. O resultado consolidou a boa campanha rubro-negra e classificou a equipe da Região dos Lagos para a semifinal do Campeonato Carioca, nos critérios de desempate. No fim do jogo, os flamenguistas receberam a taça de campeões da Taça Guanabara.

O Flamengo começou arrasador a partida e foi para o intervalo com ampla vantagem no placar após os gols de Alecsandro, Paulinho e Mugni. Na etapa final, os rubro-negros ampliaram com Luiz Antônio. A Cabofriense esboçou uma reação com dois gols de Eberson, mas viu os donos da casa fazerem o quinto com Alecsandro. No fim, Fabrício Carvalho marcou o terceiro dos vistantes e decretou o marcador no Maracanã.

As duas equipes voltam a se encontrar pela semifinal no próximo fim de semana, novamente no Maracanã.

O jogo - O Flamengo começou a partida pressionando a Cabofriense. Os rubro-negros chegavam com facilidade na área, mas pecavam nas finalizações. No entanto, aos 16 minutos, os donos da casa abriram o placar no Macaranã. Alecsandro chutou, a bola bateu no braço de Victor Silva e o árbitro marcou pênalti. O próprio atacante cobrou com categoria, sem chance para Cetin.

Mesmo depois do gol, o Flamengo seguiu melhor e não demorou para ampliar o marcador. Aos 22 minutos, Alecsandro lançou Paulinho na área, o atacante passou por Cetin e tocou para a rede.

Somente depois disso a Cabofriense começou a buscar o ataque. Os visitantes tiveram a chance de diminuir o placar aos 32 minutos. Luizão aproveitou cruzamento de Tijolo, mas cabeceou para fora.

O lance animou a Cabofriense, que esboçou uma pressão nos minutos finais, mas não conseguiu passar pela defesa rubro-negra. Já o Flamengo, aproveitou os espaços dados pelo adversário e fez o terceiro já nos acréscimos. Mugni recebeu cruzamento de Digão, dominou a bola e finalizou sem chance para Cetin e deixar a equipe com ampla vantagem no intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo não deixou a Cabofriense pensar em algo e aumentou o placar no primeiro minuto. Luiz Antônio aproveitou chute errado de João Paulo e finalizou sem chance para o goleiro adversário.

A Cabofriense, depois do revés, passou a buscar mais o ataque. A equipe da Região dos Lagos queria diminuir a vantagem para não correr o risco de perder a vaga na semifinal. Os visitantes conseguiram fazer o primeiro aos 13 minutos. Eberson recebeu passe na área e chutou sem chance para Felipe.

O gol animou o time, que aproveitou a acomodação do Flamengo para fazer o segundo, aos 17 minutos, novamente com Eberson. O atacante tabelou com Keninha, recebeu na área e finalizou para a rede.

O novo revés fez o Flamengo acordar. Não demorou muito e os rubro-negros fizeram o quinto gol no Maracanã, aos 20 minutos. Alecsandro aproveitou cruzamento de Digão e cabeceou para a rede.

Depois disso, o duelo teve uma queda de rendimento. O Flamengo voltou a se acomodar com a vantagem e a Cabofriense se tranquilizou, pois o Boavista não conseguia o seu resultado. Somente no fim, os visitantes conseguiram diminuir o resultado. Aos 42 minutos, Fabrício Carvalho marcou o terceiro para dar números finais no Maracanã.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade