Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

França conta que ficou minutos desacordado, mas minimiza susto

William Correia São Paulo (SP)

Aos cinco minutos do segundo tempo, o Palmeiras perdia para a Ponte Preta por 1 a 0 e levou um susto quando França tentou passar por um adversário e desabou com o rosto no gramado do Pacaembu. O volante conta que ficou desacordado, mas minimizou o susto, já que continuou jogando.

“Fiquei alguns minutos desacordado porque bati a cabeça. Mas me levantei rapidinho e continuei jogando”, comentou o meio-campista, que continuou jogando por mais 27 minutos depois do susto, até ser trocado por Mendieta.

A queda de França trouxe muita preocupação ao goleiro Roberto, da Ponte Preta, que se assustou e prontamente solicitou o atendimento para o adversário. Rapidamente, outros jogadores da Macaca e Alan Kardec foram ver o volante até que o médico Otávio Vilhena, do Palmeiras, se aproximou.

No chão, França acordou, conseguiu se virar e trouxe tranquilidade ao sair caminhando do campo. Segundos depois, o camisa 28 do Verdão corria para voltar a jogar sem nenhuma sequela do ocorrido. Deu entrevistas normalmente ao deixar o Pacaembu.

“Na dividida, tentei pegar a bola e um jogador deles foi mais rápido e deu o carrinho. Acabei pulando, caí de mau jeito e bati a cabeça. Mas continuei jogando sem problemas, está tudo normal”, garantiu.

Depois do susto, o Palmeiras, com França em campo, marcou dois gols e sofreu um. Mendieta, substituto do volante, garantiu a vitória por 3 a 2 balançando as redes aos 42 minutos do segundo tempo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Volante ficou alguns minutos desmaiado e preocupou todos em campo, mas jogou por mais 27 minutos

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade